×
Por
Guia JeansWear
Publicado em
4 de fev de 2015
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Who's Next: Programa Texbrasil leva marcas brasileiras à Paris

Por
Guia JeansWear
Publicado em
4 de fev de 2015

A Who's Next, que aconteceu em Paris entre os dias 23 e 26 de janeiro, recebeu 12 marcas brasileiras participantes do Texbrasil (Programa de Internacionalização da Indústria da Moda Brasileira, desenvolvido pela Abit em parceria com a Apex-Brasil).

Eram elas Karin Feller, Trendt, Cynthia Hayashi, Der Metropol, Gralias, Reptilia, Gabrielab e Beira – todos estilistas participantes da incubadora de talentos BtoBe, projeto em forma de concurso mantido pelo Texbrasil e pela Casa de Criadores, com patrocínio da Lectra. Já os veteranos que desfilam nas grandes semanas de moda nacionais eram Têca por Helô Rocha, Lucas Magalhães e Pat Bo.


As vencedoras do BtoBe 2014, Gabriela Braga, da Gabrielab, e Lívia Campos, da Beira, tiveram sua primeira experiência em eventos internacionais na feira. Gabrielab apresentou suas coloridas peças confeccionadas em malha, inspiradas no sermão dado pelo Padre Antônio Vieira em 1654, que louvou os peixes por sua ingenuidade e intuição. Já Lívia, da Beira, levou sua coleção ricamente construída, composta por cores neutras e que vestem tanto corpos masculinos como femininos.

Der Metropol, de Mario Francisco, que desfilou peças exclusivas durante a Colombiatex 2015, também marcou presença na feira, junto com a Gralias, que em 2014 também mostrou sua coleção na feira colombiana.

Para a Who’s Next, Der Metropol apresentou peças com o conforto de texturas suaves, construções bem elaboradas, estampas digitais e detalhes recortados a laser, e a Gralias, de Grazi Cavalcanti e Julia Guglielmetti, apresentou uma personagem acumuladora, que carrega consigo todos os seus pertences em composições que misturam cores em diferentes tipos de tecidos, que vão do chiffon à lã – mesma coleção que vimos aqui no Brasil na última edição da Casa.

Karin Feller, que já virou uma das marcas mais adoradas entre os frequentadores da Casa, mostrou sua coleção de inverno, inspirada na arquitetura das cidades grandes e seus prédios em contraponto com as características típicas de casas do interior, enquanto Renan Serrano, da Trendt, mostrou suas famosas peças confeccionadas em malha e estampadas em devorê.

Cynthia Hayashi traz o contraponto entre modernidade e natureza na coleção de inverno, que tem características como estampas florais e geométricas, elementos naturais misturados com imagens contemporâneas e mix de tecidos, além do uso de técnicas manuais.


A marca Reptilia, por sua vez, inspirou-se no Deserto do Jalapão, localizado em Tocantins, para confeccionar e tingir manualmente a seda. Heloisa Strobel, estilista, ressalta o aspecto exclusivo da marca, que preza por tiragens limitadas e processos sustentáveis.

A paulistana Helô Rocha, que desfila no SPFW, apostou num mix de texturas compostas de tapeçaria, guarnições em metal, bordados e colagens de estampas para compor a edição de inverno da Têca. Predominam cores como marrom, ouro, vinho, off-white e preto.

Já Patricia Bonaldi, queridinha das it-bloguers brasileiras, vê na Pat Bô um reflexo de uma mulher moderna e divertida, em contrapartida à clássica e tradicional, que veste sua marca homônima. Inspirou-se nas influências estéticas da civilização celta, traduzindo o simbolismo da cultura em ricas peças bordadas, incluindo jeans e sarjas.

Lucas Magalhães, o último estilista a ingressar na holding Nohda de Patricia Bonaldi, traz uma coleção baseada na força e na beleza da cultura do Nordeste brasileiro, em peças que exaltam a vida de grandes personagens da região através do uso de xilogravuras e cores fortes.

Por fim, a marca NovoLouvre, lançada em 2007 pela terceira geração da família da tecelagem curitibana Louvre, apresentou suas peças – orgulhosamente produzidas no Centro Histórico De Curitiba – com um mix de referências do casual, com brins estampados e vestidos fluidos, e do activewear, em tops e saias de malha.

Imagens: Equipe Guia JeansWear

Copyright © 2021 Guia JeansWear. Todos os direitos reservados.