×
Por
UseFashion
Publicado em
16 de abr de 2015
Tempo de leitura
5 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

SPFW: um terceiro dia pra lá de inesquecível

Por
UseFashion
Publicado em
16 de abr de 2015

O terceiro dia, 15, de São Paulo Fashion Week foi marcado por nove desfiles, Isabela Capeto, Reinaldo Lourenço, Alexandre Herchcovitch, Ronaldo Fraga, Lollita, Salinas, Vitorino Campos, João Pimenta e Colcci apresentaram seus lançamentos.

Confira nosso balanço com os principais apontamentos de cada uma das apresentações:

O tema central da coleção verão 2015/16 de Isabela Capeto foi a virada de ano. Esta referência trouxe a ideia de deixar pra trás velhos conceitos, abrindo espaço para o novo. Com isso, inspirou-se em Iemanjá e exaltou as belezas das praias do Rio de Janeiro.

Desfile Isabela Capeto - São Paulo - primavera-verão 2015/16 - Foto: Zé Takahashi / Ag. Fotosite


A coleção, no geral, apresentou uma silhueta feminina e fluída, sempre marcando a cintura em peças como vestidos, saias, calças e blusas. Os detalhes deram o tom da coleção, trazendo bordados artesanais com búzios, conchas, miçangas e pérolas. Para os materiais, algodão, seda, gorgurão, linho, organza, crepe, tule e renda. Já na cartela de cores, o destaque ficou para branco, rosa, coral, esmeralda e areia.

Inspirado pelo romantismo e pela subversão de gêneros, Reinaldo Lourenço trouxe para a passarela uma coleção pautada pelos opostos, como o jogo entre feminino e masculino, fantasia e realidade, e dia e noite. As criações contaram com claras referências de trajes masculinos, combinados a elementos delicados como os jabots.

Desfile Reinaldo Lourenço - São Paulo - primavera-verão 2015/16 - Foto: Zé Takahashi / Ag. Fotosite


Entre as principais peças estavam coletes, shorts, macacões e vestidos. Vale ressaltar detalhes como babados, efeito matelassado e tiras bordadas. Para os materiais, cetim duchese, jacquard e renda guipir se destacaram e, na cartela de cores, uma mistura de preto e branco com tons pastel e vermelho-vibrante. Os sapatos da coleção, em parceira com a designer Sarah Chofakian, ora possuíam efeito Trompe-l'œil, ora traziam referências masculinas.

Alexandre Herchcovitch traz para o verão 2015/16 referências específicas, como o Japão e a alfaiataria oriental, e ainda inspirações que vieram do mar, como ondas e espuma, e as pescadoras de pérolas. O trabalho primoroso de modelagem é sempre destaque nas coleções da marca e, nesta temporada, as silhuetas variam entre mais retas, com ajuste na cintura, e fluídas.

Desfile Alexandre Herchcovitch - São Paulo - primavera-verão 2015/16 - Foto: Zé Takahashi / Ag. Fotosite


Para os materiais, ele usou o chiffon de seda, viscose, poliéster, linho com algodão, crepe de chine de seda, látex e jacquard de algodão. Entre os detalhes principais destacam-se as transparências e as aplicações de tecido, que proporcionaram volume as peças. A estamparia foi usada de forma mais contida e trouxe desenhos geométricos bicolor.

O desfile verão 2015/16 de Ronaldo Fraga traz referências de João Pessoa, capital das terras da Paraíba. Denominada de A Fúria da Sereia, a coleção traz essa fúria através das tranças de linhas de pesca, no crochetar dos cabelos, no rebordar de fios e contas. As escamas do peixe camurupim são transformados em bijuterias e bordados.

Desfile Ronaldo Fraga - São Paulo - primavera-verão 2015/16 - Foto: Zé Takahashi / Ag. Fotosite


Entre os materiais, Ronaldo usa um fio biodegradável chamado de Amni Soul Eco, produzido pela Rhodia, que se decompõe rapidamente ao ser descartado. Além deste material, observa-se também o jacquard e o algodão maquinetado. Para as silhuetas, a reta com leve ajuste na cintura e a ampla com camadas predominantes, os comprimentos variando entre médios e longos.

Nas estampas, desenhos coloridos de corais, peixes e grafismos com rosto de mulher. Os detalhes foram o grande diferencial da coleção, trazendo bordados, aplicações, vazados e o interessante trabalho de volumes propostos por fios estruturados.

O verão 2015/16 da Lollita veio com uma proposta mais ousada, desprendendo-se um pouco das limitações comerciais. Especialista em malharia retilínea, a marca apresentou uma coleção muito feminina com uma silhueta ora ajustada, ora de cintura marcada e volumes localizados, explorando o jacquard em padrões de florais e geométricos. A cartela foi dos tons claros indo aos escuros como preto e roxo, mesclando tanto cores como padrões.

O verão 2015/16 da Salinas foi inspirado no estilo de vida das Gypsetters, um jeito livre e encantador de curtir a vida. Praias paradisíacas, surfe e muita música influenciaram toda a coleção de moda praia trabalhada com modelagens comportadas e um forte trabalho de estamparia. Vale ressaltar ainda os bordados, trabalho de patchwork e os novos shapes como hot pant, shorts, saia e calça clochard e os caftans cropped.

Vitorino Campos trouxe como inspiração para coleção verão 2015/16 o encontro entre Patti Smith e Robert Mapplethorpe. Trazendo para a passarela um pegada andrógina brincando com as regras entre masculino e feminino com volumes e formas.

Desfile Vitorino Campos - São Paulo - primavera-verão 2015/16 - Foto: Zé Takahashi / Ag. Fotosite


Uma alfaiataria bem construída pautada principalmente por camisas amplas ora curtas, ora alongadas, calças e bermudas pantalonas com pregas profundas e, para dar equilíbrio, vestidos alongados e composições de tops em tricô e minissaia. Na cartela de cores branco, preto e tons pastel.

O verão 2015/16 de João Pimenta, como era de se esperar, foi de uma belíssima coleção, quebrando um pouco as convenções de gêneros, o estilista brincou com a modelagem propondo paletós ora alongados, ora croppeds, sem golas na sua maioria, com mangas encurtadas ou sem mangas, calças e bermuda de silhueta ampla, macacão nada convencional, tudo em uma alfaiataria impecável que faz parte do seu DNA. Entre os materiais vale ressaltar os jacquards exclusivos com desenhos de arabescos e o efeito de renda sobre o linho cru.

O desfile Colcci, que encerrou o line-up deste terceiro dia de SPFW verão 2015/16, contou novamente com a participação especial da nossa top Gisele Bündchen, porém nesta edição do evento a participação foi muito mais do que especial, pois marcou o fim da sua carreira nas passarelas. O alvoroço em torno do desfile tanto pela imprensa como pelos convidados não poderia ser diferente, além de ser um desfile que é sempre muito esperado pelo público.

Desfile Colcci - São Paulo - primavera-verão 2015/16 - Foto: Zé Takahashi / Ag. Fotosite


Inspirada no estilo punk, a coleção trouxe a mistura de uma atitude transgressora com perfume feminino. Entre as peças-chave, vale ressaltar os vestidos evasês fluídos tanto em comprimentos curtos como longos que receberam bordados vazados; as saias godês com padrões florais em corte a laser e as calças e saias de cintura alta com top cropped. Outro ponto forte da coleção é a mistura de materiais e texturas, que já é característico da marca, e o denim com recortes geométricos. 

Copyright © 2021 UseFashion. Todos os direitos reservados.