×
Por
UseFashion
Publicado em
7 de nov de 2014
Tempo de leitura
5 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

SPFW: um 4º dia pra lá de sofisticado

Por
UseFashion
Publicado em
7 de nov de 2014

O quarto dia de desfiles, quinta-feira 6, do SPFW trouxe oito nomes do line-up oficial. Confira o que apresentaram Patrícia Vieira, Gloria Coelho, Fernanda Yamamoto, GIG, Têca por Helô Rocha, Juliana Jabour, Lino Villaventura e Osklen:

Em um formato diferenciado bem mais informal que os desfiles tradicionais, porém riquíssimo de informações, Patrícia Vieira apresentou na manhã da quinta-feira a sua coleção Inverno 2015 em um misto de exposição e desfile comentado. A inspiração teve como ponto de partida a arquitetura escandinava, por sua modernidade e design arrojado, com a mistura de linhas retas em ambientes orgânicos.

Desfile Patrícia Vieira, SPFW outono-inverno 2015.


Além das peças expostas, que foram conferidas por todos antes do desfile, cada uma recebeu uma descrição da própria estilista sobre todo o processo de desenvolvimento do produto, desde a seleção da pele ao tratamento e beneficiamento, que proporcionou o espetacular trabalho de texturas e volumes. A silhueta primou pelo conforto com linhas retas e evasês em modelos de vestidos, saias e jaquetas. O couro, como matéria-prima principal de toda coleção, foi trabalhado com laser em padrões rendados, animais, vazados com efeito de franjas e acabamentos diferenciados como envernizado, bordados com roletês do próprio couro e muito desenho com minipedras em hotfix.

Em uma busca de transformação, Gloria Coelho inspirou-se na metamorfose das estruturas para desenvolver a sua coleção. A silhueta variou entre justa em modelos de calças, nas hotpants e nas malhas canelada, e reta com leve evasê nos modelos de vestidos e casacos alongados.

Desfile Gloria Coelho, SPFW outono-inverno 2015.


Vale ressaltar também os casacos cropped, todos com acabamentos em couro, que acentuaram ainda mais a cintura alta e marcada. Uma coleção feminina e muito sofisticada com a predominância do couro tanto em peças inteiras como no detalhamento dos modelos, muito vinil, malhas canelados, crepe de acetato, renda e tule bordado com cristais Swarovski. Na cartela de cores, prevaleceram os tons escuros como preto e marrom, complementados por cru e bordô.

Inspirada em um processo de autoconhecimento, Fernanda Yamamoto desenvolveu seu inverno 2015. A coleção veio repleta de experimentações e novas descobertas, conferidas tanto na construção das peças com volumes localizados e acabamentos inusitados quanto na mistura de materiais. O jacquard com efeito tridimensional desenvolvido exclusivamente pela estilista, teve como ponto de partida as raízes do artesanato, diretamente relacionado com o trabalho manual das rendas, que nortearam toda a coleção. Outro ponto de destaque foi o trabalho inédito da estilista com os tricôs produzidos manualmente em diversos fios e pontos conferindo leveza aos modelos de vestidos, blusas e saias. A cartela de cores foi pautada por tons invernais como preto, cinza, vinho e verde- escuro.

A marca GIG Couture, especializada em tricô, fez uma excelente estreia na SPFW. O grande diferencial da marca está na mescla de trabalhos manuais com alta tecnologia que juntos proporcionaram texturas e acabamentos elaborados. A marca prima pelo desenvolvimento exclusivo das padronagens exclusivas que nesta temporada tiveram como inspiração uma viagem pela Àsia Central.

Desfile GIG Couture, SPFW outono-inverno 2015.


O shape prioriza conforto e elegância, com uma silhueta que ora é ajustada ora tem cintura marcada e corte evasê nas saias. Entre as peças-chave os vestidos curtos e de comprimento mídi, composições de saias lápis com blusas e as calças ajustadas com maxicardigãs.

Inspirada em uma Floresta Mediavel, a estilista Helô Rocha apresentou o inverno 2015 da Têca com uma profusão de bordados e mix de texturas nos materiais. O shape fluido e leve foi trabalhado em modelos de vestidos e composições de saias e blusas em seda e crepe georgette estampados. Entre os materiais que já são característicos da marca, devorê de seda e veludo. Em contrapartida, a Têca também trouxe um shape mais estruturado em materiais rígidos como tear manual com fitas de passamanaria, o jacquard e a sarja, que por vezes receberam bordados elaboradíssimos em relevo. Na cartela de cores predominaram o preto, marrom, off-white, bordô e dourado.

Seguindo a essência de um estilo sportswear urbano e sofisticado, Juliana Jabour apresentou sua coleção inverno 2015 em comemoração aos 10 anos da marca. A coleção foi construída principalmente em variações de moletom e neoprene, que são as duas principais matérias-primas utilizadas pela estilista. Um dos pontos fortes foram os vazados a laser, os bordados de flores em couro e os bordados tridimensionais com pedrarias.

O mix de peças foi composto principalmente por maxijaquetas e suéteres amplos que ganharam um certo frescor e delicadeza em composição com as túnicas, saias e vestidos em crepe estampado. Na cartela cores branco, off-white, preto, cinza, tomate, beterraba e pink.

Desfile Lino Villaventura, SPFW outono-inverno 2015.


Como o próprio Lino Villaventura definiu, sua coleção simplesmente aconteceu, foi tomando forma e se concretizando cheia de estilo e personalidade. O que se pôde conferir foi uma coleção com formas mais simples e funcionais, mas sem perder nada em relação à sofisticação e elegância, sempre propostas pelo estilista em suas coleções.

A linha feminina foi composta por vestidos com silhueta ajustada em diferentes comprimentos e composições de camisas e saias godês, trabalhada em materiais nobres como veludo, musseline de seda pura e tule seda, rebordados de forma pontual e localizada com vitrilhos e canutilhos. O mix de produtos masculinos trabalhou com os mesmos materiais sofisticados, porém com shape e visual mais despojado e moderno, conferido até mesmo na ausência de acabamentos. Outro ponto de destaque foram os tricôs artesanais de ambas as coleções em propostas de desconstrução.

Inspirado no espírito aventureiro de um casal de globetrotter, que exploram diversos lugares entre eles as florestas, os desertos e as metrópoles, a Osklen apresentou sua coleção inverno 2015. O shape é totalmente relaxado e a silhueta preza pelo conforto.

Desfile Osklen, SPFW outono-inverno 2015.


Entre os materiais, a seda estampada, moletom, a malha dublada, o couro com um trabalho rendado a laser e a lã trabalhada principalmente na linha de alfaiataria tanto masculina quanto feminina. Como destaque vale ressaltar o mix de tricôs com pontos volumosos e irregulares em modelos de casacos, jaquetas e suéteres. Na cartela de cores, tons de verde-militar, vermelho, bordô, preto, off-white, azul-marinho e cru.

Imagens: Zé Takahashi / Ag. Fotosite

Copyright © 2021 UseFashion. Todos os direitos reservados.