×
Por
UseFashion
Publicado em
5 de nov de 2014
Tempo de leitura
4 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

SPFW: um 2º dia repleto de estrelas

Por
UseFashion
Publicado em
5 de nov de 2014

A terça-feira (4), segundo dia do SPFW, trouxe mais sete desfiles repletos de estrelas do mundo fashion, entre criativos e modelos. Confira o balanço do que foi apresentado por Pedro Lourenço, Reinaldo Lourenço, Pat Pat's, Lolitta, Giuliana Romanno, João Pimenta e Colcci:

Abrindo a segunda jornada do SPFW, com desfile externo na Galeria White Cube, o astro cada vez mais em ascensão Pedro Lourenço apresentou a coleção Tecnocouture com uma releitura da sua exibição na Semana de Moda de Paris. Como peça-chave o top cropped, que permanece por mais uma temporada em composições com saias de modelagem tulipa ou lápis com barra assimétricas.

Desfile Pedro Lourenço, SPFW outono-inverno 2015.


Vale ressaltar também a alfaiataria mais relaxada nas calças com cintura alta e marcada, além de blazer de modelagem ampla. Na estamparia o animal print ganhou destaque e, entre os materiais, o couro, crepe, neoprene e os paetês impressos.

Inspirado em Florença e na arte e arquitetura renascentistas, Reinaldo Lourenço apresentou, na FAAP, a coleção inverno 2015 denominada "Renascimento". A silhueta ajustada e esguia com cintura bem marcada recebeu o volume e o movimento das franjas em rolete de seda com pérolas metálicas, que ganharam bastante destaque na coleção. O mesmo trabalho manual foi explorado nos decotes profundos, nas costas de vestidos e tops. Outro ponto alto do desfile foi o trabalho de estamparia com os padrões florais de tapeçaria e pisos mosaicos rebordados com paetê. A alfaiataria sempre bem construída recebeu detalhes de couro em recortes, acabamentos manuais com debruns e amarrações.

Com referências urbanas e streetwear, foi assim que a Pat Pat's exibiu o seu inverno 2015. Segundo a estilista, essa é uma coleção comercial e cheia de atitude para atender a mulher moderna, de personalidade forte, ousada e que não tem medo de brincar na hora da produção. O grafite foi o ponto de partida para a coleção, estampando boa parte dos modelos apresentados, além de alguns calçados.

Desfile Pat Pat's, SPFW outono-inverno 2015.


A silhueta ajustada foi trabalhada principalmente no couro, que recebeu diversas texturas e acabamentos como aplicações de metais, microcristais, corte a laser, estampa em denim, e o metalizado que ganhou versões holográficas. A coleção foi complementada por neoprene, moletom e o tule que também recebeu um trabalho de estamparia em relevo. Entre as peças-chave, saias, top croppeds e os vestidos de comprimento míni.

Em sua segunda apresentação no SPFW, a Lolitta mantém seu DNA focado na expertise da marca, o tricô. A coleção inverno 2015 foi inspirada no Egito Antigo, que pautou principalmente os padrões trabalhados no jacquard. Outro ponto de destaque foi o trabalho minucioso de bordados com metais banhados a ouro, inspirados na joalheria egípcia. A silhueta ajustadíssima foi explorada em modelos de saias, tops e vestidos de comprimentos mídi na maioria. Na cartela de cores, tons de vinho e terrosos, mesclados ao preto e branco.

Com um grande equilíbrio entre uma mulher forte, imponente e ao mesmo tempo feminina e sensual, Giuliana Romanno apresentou seu inverno 2015. Pautada por uma alfaiataria bem construída com forte influência do universo masculino, a marca apresentou peças-chave como macacões, blazeres e vestidos com uma silhueta solta e confortável, às vezes marcada na cintura. Vale ressaltar a transparência e os vazados trabalhados com tramados e detalhes em vinil. Na cartela de cores muito preto, branco, tons de cinza, vermelho, azul e verde.

Inspirado no desejo de resgatar o nobre ofício do alfaiate, João Pimenta teve como base para o desenvolvimento de sua alfaiataria masculina as matérias-primas desenvolvidas com exclusividade pela Innovatic. Bases lisas em lã, maquinetados e jacquards foram trabalhados com acabamentos especiais, entre eles, acetinados, peletizados e encerados.

Desfile João Pimenta, SPFW outono-inverno 2015.


Outro ponto forte foi a mistura de materiais e padronagens clássicas como chevron, xadrez, risca de giz e pied-de-coq em modelos de calças, blazeres e casacos por vezes alongados em uma modelagem slim e confort. A influência do universo workwear também esteve presente tanto no detalhamento das peças como nos acabamentos mais rústicos, nos patches em couro, nos bolsos grandes com presilhas e fivelas, como nas modelagens mais fartas dos macacões e calças.

Inspirada no streetstyle das principais capitais mundiais da moda, a coleção Colcci trouxe sua interpretação dos principais estilos que norteiam a temporada, o jeanswear, o sportwear, a alfaiataria e o militarismo, resultando em uma coleção urbana e sofisticada. A coleção feminina se dividiu em duas propostas de silhueta, uma mais ajustada, de corte levemente evasê nas saias e vestidos curtos, e outra ampla conferida nos modelos de calças boyfriend encurtadas e nas ótimas opções de casacos, capas, parkas, trench coats e jaquetas de modelagem clássica.

Desfile Colcci com Gisele Bündchen, SPFW outono-inverno 2015.


Como destaque tanto para a coleção masculina como para a feminina, vale ressaltar a mistura de materiais nobres com materiais esportivos, em construções impecáveis pautadas pela alfaiataria. Na cartela cores, verde-militar, azul-marinho, camelo, cinza e bordô, mesclados aos tons vibrantes de vermelho, laranja e cereja. Como definido pela própria marca, sua coleção "ultradesejável e sofisticada" encerrou o segundo dia (4) do SPFW com a mise en scène da übermodel Gisele Bündchen.

Imagens: Zé Takahashi / Ag. Fotosite

Copyright © 2021 UseFashion. Todos os direitos reservados.