×
894
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Secoo nomeia Federica Marchionni como diretora internacional

Por
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
today 23 de jul de 2018
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A plataforma chinesa de vendas online Secoo acaba de nomear Federica Marchionni para a sua direção internacional. Além disso, a italiana será responsável por conduzir a estratégia do grupo especializado na distribuição de produto de alta gama. A sua nomeação acontece duas semanas após o anúncio do investimento de quase 150 milhões de euros da JD.com e da L Catterton (o fundo apoiado pelos grupos LVMH e Arnault) na Secoo para impulsionar a comerciante online em novos mercados.


Federica Marchionni, a nova diretora internacional da Secoo - Secoo


Tendo passado pela Dolce & Gabbana, onde foi presidente durante mais de três anos, até fevereiro de 2015, e depois pela Lands'End, loja americana de vestuário online cotada no Nasdaq, onde passou quase dois anos como presidente e diretora geral, Federica Marchionni assumiu o cargo na Secoo em julho de 2018. Um perfil experiente no mundo do luxo, Marchionni terá que liderar a expansão desejada pelo comerciante online.
 
"A Srª Marchionni e eu compartilhamos os mesmos valores e a mesma visão para transformar a Secoo numa plataforma icônica reconhecida internacionalmente, capaz de fornecer os melhores produtos e serviços aos nossos consumidores em todo o mundo", disse através de um comunicado Richard Li, CEO e fundador do Secoo Group.

A Secoo, que conta com 20 milhões de clientes registrados (ativos e não ativos) na China, a distribuição de 3 mil marcas diferentes e uma oferta de 300 mil modelos, foi criada em 2011. Para 2017, o site que distribui marcas como Roger Vivier, Versace ou Prada afirma ter a maior média de compras entre sites equivalentes de e-commerce na Ásia. O seu volume de negócios líquido no período entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de 2017 ascendeu a 491 milhões de euros (+ 44,2% em relação a 2016), por um total de 1.437.000 encomendas ao longo do ano.
 
No início de julho, a JD.com e a subsidiária asiática da empresa de investimentos da LVMH, a L Catterton Asia, injetaram 149,4 milhões de euros na plataforma chinesa. Poucos dias depois, a Secoo anunciou também uma parceria de distribuição, que inclui uma componente de análise e de utilização de dados, com o grupo Shandong Ruyi, proprietário da SMCP desde 2016.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.