×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
13 de nov. de 2017
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Safilo enfrenta dificuldades após perder licença da Gucci

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
13 de nov. de 2017

O término do contrato de licença da Gucci ainda está impactando os resultados financeiros da empresa italiana fabricante de óculos, Safilo. O grupo encerrou o terceiro trimestre de 2017 com uma receita de 245,1 milhões de euros, uma queda de 14,9% nas taxas de câmbio atuais (-12,3% a taxas de câmbio constantes. As vendas das demais marcas de seu portfólio tiveram um leve aumento de 1,3% ​no trimestre.


Sede da Safilo em Longarone, no norte da Itália - safilogroup.com


No terceiro trimestre, o lucro bruto foi de 120,4 milhões de euros (-28,9%), a margem industrial bruta caiu para 49,1% das vendas líquidas (em comparação com 58,8% no terceiro trimestre de 2016) e o EBITDA ajustado foi de 15,4 milhões de euros, uma queda de 19,6% em relação ao terceiro trimestre de 2016.

A receita da Europa foi de 100,5 milhões de euros no trimestre, uma diminuição de 5,9% a taxas de câmbio constantes. A América do Norte também teve um desempenho fraco na receita, atingindo 103,5 milhões de euros, uma diminuição de 13,7% a taxas de câmbio constantes. As vendas da Ásia-Pacífico também caíram, atingindo 16,7 milhões de euros, uma queda de 43,7% a taxas de câmbio constantes. Quanto às demais regiões do mundo, estas tiveram aumento de 8%, para 24,4 milhões de euros, impulsionado por um aumento de 28,2%, devido aos bons resultados das demais marcas em seu portfólio e, em especial, das marcas próprias da Safilo.

Atualmente, a Safilo é distribuída em cerca de 100 mil lojas de varejo em todo o mundo, e conta  com uma rede global de mais de 50 parceiros de distribuição. O grupo encerrou 2016 com uma receita líquida de 1.253 bilhões de euros.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.