×
922
Fashion Jobs
STUDIO Z
Coordenador de Planejamento Comercial
Efetivo - CLT · FLORIANÓPOLIS
GRUPO MEIA SOLA
Gerente de Marketing
Efetivo - CLT · FORTALEZA
GRUPO BOTICARIO
Executivo de Vendas ii (São Paulo)
Efetivo - CLT · São Paulo
LULITEX COM IMP EXP LTDA
Auxiliar Comercial
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas Pleno - Treinamento e Desenvolvimento
Efetivo - CLT · Guaramirim
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas - Assistente Social
Efetivo - CLT · Guaramirim
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Lojas - Quem Disse, Berenice?
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
CAMICADO
Supervisor de Vendas e Operação de Loja - Brasília
Efetivo - CLT · Brasília
RENNER
Encarregado de Logistica E-Commerce
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Lojas - o Boticário
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
GRUPO BOTICARIO
Product Owner E-Comm
Efetivo - CLT · Curitiba
IBRANDS
Líder de Logística
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
GRUPO BOTICARIO
Analista Gestão de Riscos Csc pl
Efetivo - CLT · Curitiba
AVON
Comprador Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
AVON
Comprador Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral
RENNER
Supervisor de Vendas | Rio Verde
Efetivo - CLT · Rio Verde
RENNER
Supervisor de Vendas| Imperial Shopping - Imperatriz ma
Efetivo - CLT · Imperatriz
RENNER
Supervisor de Vendas| Shopping Golden Calhau - São Luís
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| São Luís Shopping
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| Natal Shopping
Efetivo - CLT · Natal
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral

Safilo apresenta recuo no 1º semestre de 2013

Publicado em
today 26 de ago de 2013
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Safilo termina o primeiro semestre de 2013 com uma ligeira queda, ainda penalizada pelo impacto da perda das licenças da Armani. A segunda maior fabricante mundial no setor de óculos, controlada pelo fundo holandês Hal, realizou um volume de negócios de 598,4 milhões de euros, nos seis primeiros meses do ano, apresentando recuo de 2,4% em comparação com o mesmo período do ano anterior, enquanto seu lucro líquido e resultado operacional caíram 6,7%, para 20,1 milhões de euros, e 7,7%, para 47,36 milhões, respectivamente, aponta a empresa em um comunicado.

Showroom da Safilo em Londres


Por outro lado, com uma base comparativa e uma taxa média de câmbio, as vendas do grupo avançaram 8%, apesar de “um dos semestres mais difíceis na história do grupo, levando-se em consideração o impacto do término das licenças Armani”, destaca o CEO Roberto Vedovotto. Este crescimento é explicado pelos bons desempenhos das principais marcas sob licença da Safilo, que administra, entre outras em seu portfólio, as coleções de óculos de Alexander McQueen, Boss, Bottega Veneta, Céline, Dior, Marc Jacobs, Marc by Marc Jacobs, Max Mara, Saint Laurent e Tommy Hilfiger.

É preciso salientar também a expansão das marcas pertencentes à Safilo, em particular a Polaroid Eyewear, nos mercados americanos e asiáticos. O diretor-executivo Roberto Vedovotto exibe certo otimismo, citando a conquista da licença Fendi, que se inicia em 2014, bem como a renovação antecipada de licenças importantes, tais como as de Marc Jacobs e da Fossil, e os novos acordos e parcerias firmados com a Bobbi Brown ou ainda com a Essilor.

O resultado bruto de exploração (Ebitda) chegou aos 65 milhões de euros (-8% em comparação com o 1º semestre de 2012) nos seis primeiros meses do ano. No segundo trimestre de 2013, a Safilo registrou um lucro líquido de 6,7 milhões de euros (-30,1% em comparação com o 2º trimestre de 2012) e um volume de negócios de 301,4 milhões de euros (-7,2%).

Esses resultados seguem em linha com as estimativas feitas pelos analistas financeiros, que, no entanto, se apresentam significativamente inquietos em relação à próxima mudança na direção da empresa. Na verdade, em junho, a companhia anunciou a sucessão de Roberto Vedovotto, cérebro por trás da renovação do grupo, que será substituído em 15 de outubro pela manager suíça Luisa Delgado.

Segundo um analista do MainFirst Bank, citado pela Reuters, “a marca Safilo continua volátil por causa da incerteza no que diz respeito ao novo CEO”. Outro analista confirma as apreensões em relação à mudança na direção do grupo, sobre a qual “nenhuma explicação foi dada até agora”.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Tags :
Moda
Óculos