×
Publicado em
31 de jan de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Reserva é eleita a varejista brasileira mais disruptiva pelo ranking MVP

Publicado em
31 de jan de 2018

A marca carioca de moda masculina Reserva foi eleita a varejista brasileira mais disruptiva na quinta edição do ranking Mais Valor Produzido (MVP) - Varejo, realizado pela consultoria brasileira focada em estratégia corporativa, DOM Strategy Partners. O ranking elenca as empresas pela avaliação da capacidade que ela tem em gerar e proteger valor para seus diferentes stakeholders, em especial clientes, acionistas e funcionários.


Reserva


Na análise, foram considerados critérios como eficácia da estratégia corporativa, crescimento, valor de marca, relacionamento com clientes, governança corporativa, sustentabilidade, gestão de talentos, inovação, uso de tecnologias digitais e liderança em causas sociais.

O ranking também apontou as cinco organizações mais valorizadas que atuam dentro da economia tradicional, sendo liderado pela Magazine Luiza, seguida da Renner, Netshoes, Riachuelo e Via Varejo. Nesta quinta edição, os stakeholders de mais de 300 empresas do segmento do varejo foram ouvidos pela consultoria. 

"A Reserva foi lembrada, principalmente, por mesclar qualidade nos produtos que confecciona com bandeiras sociais, sem esquecer de aliar descontração em seus pontos de vendas. Tudo isso permitiu que seus stakeholders, formado por acionistas, clientes e funcionários, enxergassem valor disruptivo que não estão ligados somente ao campo financeiro da empresa", explicou Daniel Domeneghetti, CEO da DOM Strategy Partners e coordenador geral da pesquisa MVP.

A Reserva foi criada em 2004 no Rio de Janeiro pelos empresários e amigos de infância, Rony Meisler e Fernando Sigal. Dois anos depois, ela passou a fazer parte do calendário da moda carioca, e em 2008, passou a se apresentar na São Paulo Fashion Week. Em 2011, Jayme Nigri e José Alberto Silva, Luis Roberto Pinto e Luciano Huck passaram a fazer parte da sociedade e posteriormente foram lançadas as marcas Eva, versão feminina da Reserva, e Reserva Mini, para crianças. O grupo é vendido hoje em mais de 70 pontos de venda em diversas cidades do Brasil e, no último ano, faturou mais de 300 milhões de reais.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.