×
913
Fashion Jobs
CAEDU
Gerente de Grupo Produto - Infantil
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Supervisor de Vendas - Barueri
Efetivo - CLT · Barueri
CAEDU
Supervisor de Vendas - Alto Tietê
Efetivo - CLT · Ferraz de Vasconcelos
STUDIO Z
Coordenador de Planejamento Comercial
Efetivo - CLT · FLORIANÓPOLIS
GRUPO MEIA SOLA
Gerente de Marketing
Efetivo - CLT · FORTALEZA
GRUPO BOTICARIO
Executivo de Vendas ii (São Paulo)
Efetivo - CLT · São Paulo
LULITEX COM IMP EXP LTDA
Auxiliar Comercial
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas Pleno - Treinamento e Desenvolvimento
Efetivo - CLT · Guaramirim
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas - Assistente Social
Efetivo - CLT · Guaramirim
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Lojas - Quem Disse, Berenice?
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
CAMICADO
Supervisor de Vendas e Operação de Loja - Brasília
Efetivo - CLT · Brasília
RENNER
Encarregado de Logistica E-Commerce
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Lojas - o Boticário
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
GRUPO BOTICARIO
Product Owner E-Comm
Efetivo - CLT · Curitiba
IBRANDS
Líder de Logística
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
GRUPO BOTICARIO
Analista Gestão de Riscos Csc pl
Efetivo - CLT · Curitiba
AVON
Comprador Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
AVON
Comprador Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral
RENNER
Supervisor de Vendas | Rio Verde
Efetivo - CLT · Rio Verde
RENNER
Supervisor de Vendas| Imperial Shopping - Imperatriz ma
Efetivo - CLT · Imperatriz
RENNER
Supervisor de Vendas| Shopping Golden Calhau - São Luís
Efetivo - CLT · São Luís

Pitti Uomo abre sua 89.ª edição sob o signo da cultura

Publicado em
today 13 de jan de 2016
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Colocando em destaque o patrimônio cultural italiano para vender melhor os produtos do 'Made in Italy'. O binômio "moda e cultura" estava em todas as bocas na terça-feira, 12 de janeiro, durante a cerimônia de abertura do Pitti Uomo, inaugurado pela primeira vez por um ministro da Cultura e do Turismo, Dario Franceschini, que reafirmou o papel essencial da moda para a credibilidade italiana no mundo.

O presidente do Pitti, Gaetano Marzotto e Dario Franceschini, ministro italiano da Cultura. - Pitti Immagine


"Minha presença no Pitti Uomo pode parecer um pouco estranha, mas a moda é um vetor importante para o turismo. Um setor que negligenciamos durante muito tempo, que queremos agora colocar em destaque para trocar sinergias", declarou o dirigente apelando a uma maior integração entre as diferentes excelências italianas.
 
Como um sinal de boa vontade, o ministro italiano da Cultura e do Turismo prometeu colocar à disposição da moda "todos os espaços da beleza italiana", a fim de dar uma vantagem a mais para o setor.

Em seguida, o presidente da Pitti Immagine, Gaetano Marzotto, anunciou uma convenção trienal entre a empresa organizadora do salão e os dois museus emblemáticos de Florença, Palazzo Pitti e a Galeria dos Ofícios, para organizar um ciclo de exposições sobre a cultura da moda contemporânea "com personagens extraordinários".
 
"Os compradores são os primeiros a pedir-nos para reforçar este vínculo entre moda e cultura. O Pitti Uomo deve diferenciar-se nesta área, enquanto continua a centrar-se na internacionalização", destacou o dirigente, lembrando que das 1.219 marcas presentes nesta 89.ª edição, mais de 500 são oriundas do exterior.
 
Depois de um primeiro semestre positivo para a economia da moda italiana, uma vez que o segundo semestre de 2015 se provou mais complicado, o que leva as instituições a contar para 2016 "com um crescimento moderado em torno de 2% devido à incerteza geopolítica e econômica".

Quando a arte encontra a moda… no Pitti Uomo 89 - Pitti Immagine


Neste contexto, "uma coisa é certa, o Pitti Uomo é um evento central. E temos de afirmar ainda a vantagem da centralidade da moda italiana no âmbito europeu", concluiu Claudio Marenzi, presidente do SMI, organização patronal que reúne os industriais da moda e têxtil transalpino.
 
Com 1.219 marcas vindas de 30 países, dentre as quais 536 estrangeiras, ou seja, 44%, quase um a cada dois expositores, e 251 novos nomes, o salão de referência da moda masculina arranca sob bons auspícios.
 
Quase 30.000 visitantes são aguardados, dentre os quais 23.000 compradores, na Fortezza da Basso, o recinto de fortificação da época do Renascimento que recebe o salão, cujos trabalhos de reestruturação devem começar dentro de pouco tempo, foi anunciado, entre outras coisas, durante a coletiva de imprensa.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.