×
Publicidade
Publicado em
18 de nov. de 2015
Tempo de leitura
4 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Pitti Uomo 89 aposta numa oferta premium para clientes sofisticados

Publicado em
18 de nov. de 2015

"O próximo Pitti Uomo apresenta perspectivas muito interessantes. Pela primeira vez, ultrapassamos os 1.200 expositores graças a um ganho de espaço, 1.205 precisamente, dos quais 225 marcas presentes pela primeira vez, ou seja, no total quase 20% de novos nomes", aponta com entusiasmo Raffaello Napoleone, dirigente do salão de referência da moda masculina, que decorre em Florença de 12 a 15 de janeiro próximo.

Pitti Generation(s), este será o fio condutor do próximo salão masculino de Florença.


Com 520 expositores vindos do exterior, ou seja, 43,7% do número total, a edição confirma sua forte internacionalização. Ela se foca, por outro lado, mais do que nunca, nesta 89.ª edição, em uma oferta premium bastante pesquisada e de grande qualidade. Esta característica do salão florentino será em particular valorizada em janeiro graças à reformulação do seu espaço "Make" dedicado ao artesanato.
 
Situado em um espaço no subsolo adjacente ao pavilhão central, o Make apresenta os "New Makers", quer dizer, os artesãos da nova geração, que reinterpretam a tradição com um olhar diferente via novas tecnologias para chegar a "um cruzamento criativo de artesanato sob diferentes formas entre passado e presente".

O espaço não só foi aumentado, estendendo-se ao pavilhão central – ele receberá 45 marcas num espaço total de mais de 1000 metros quadrados –, mas foi submetido ainda a uma seleção radical. "Redesenhamos totalmente esta seção, renovando aí 60 das marcas. Além disso, mudamos de local alguns expositores e escolhemos também jovens empreendedores vindos do mundo inteiro", explica Agostino Poletto, vice-diretor-geral da Pitti Immagine, a organizadora do salão.
 
"Mudamos não só as marcas, mas também planejamento e apresentação do local, que foram confiados a agência de design Monadi", aponta o dirigente ainda.

No Pitti Uomo 89, o foco estará nos produtos feitos à mão e no artesanato.


"A oferta será centrada em produtos feitos à mão de grande qualidade, com uma história, vindos muitas vezes de coleções limitadas. Em sua maior parte, trata-se de pequenos projetos de excelência, altamente segmentados e originais posicionados em um segmento premium", sublinha Agostino Poletti.
 
"São os produtos que os compradores estão pesquisando agora para completar a oferta das grifes. Esses produtos respondem às exigências atuais do mercado com consumidores, vindos dos países emergentes, ainda mais sofisticados", acrescenta.
 
Ainda dentro desta lógica, o salão florentino oferecerá pela segunda vez o projeto "Constellation Africa", que apresenta o trabalho de várias marcas africanas. O desfile organizado em parceria com a ITC Ethical Fashion Initiative, na última edição do Pitti Uomo de janeiro, com quatro estilistas vindos do continente africano, fora acolhido com entusiasmo, exibindo a incrível criatividade e nível de excelência da moda africana.

A moda africana regressa ao Pitti Uomo de janeiro.


Sempre próximo das tendências, o Pitti Uomo, que havia surfado durante a edição anterior na evolução transgênero, escolheu esta vez como tema para o agrupamento desta 89ª edição a mescla entre as gerações, uma vez que os jovens se inspiram no vestuário das gerações mais maduras e vice-versa.
 
"Estamos assistindo a um jogo significativo de misturas de diferentes estilos integracionais que correspondem à liberdade que se encontra agora no vestuário masculino, a qual de jeito nenhum existia anteriormente", conclui Raffaello Napoleone.
 
Entre os numerosos projetos, que animarão o salão, vale ressaltar a presença, pela primeira vez no Pitti Uomo, da marca outdoor francesa Pyrenex, da coleção-cápsula The Sartorialist Roy Roger's, realizada pelo blogueiro Scott Schuman, o regresso da grife britânica Aquascutum, aquele da marca suíça Strellson ou ainda aquele da italiana Frankin & Marshall, os projetos especiais da Canada Goose e da Matchless London.

A 89ª edição do Pitti Uomo anuncia-se rica em novidades,


Sem esquecer dos convidados de honra do salão que serão o Coreano Juun.J, com sua linha masculina, o estilista italiano Marco De Vincenzo, com a feminina, e adidas Originals by White Mountaineering como "Design Project".
 
No âmbito do "Pitti Italics", que apesenta a jovem criação italiana, poderemos conferir o trabalho dos muito talentosos Vittorio Branchizio, vencedor do Who's in Next ? Homme 2015 e de Federico Curradi, o ex-diretor criativo da Iceberg Homme.
 
Por fim, a cereja do bolo, será em Florença, pela primeira vez durante o Pitti Uomo, que será revelado o vencedor do International Woolmark Prize masculino.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.