×
Publicado em
3 de mar. de 2016
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

OTB (Diesel) vê seu lucro cair 36% em 2015

Publicado em
3 de mar. de 2016

Para a OTB (Only The Brave, Diesel), 2015 se inscreve ainda como um ano de transição, depois da importante reestruturação da sua principal marca Diesel, que representa 65% das suas vendas totais. A limpeza operada em especial na sua rede de venda por atacado se traduz por um déficit de 100 milhões de euros, aponta a empresa em um comunicado.

Maison Margiela desfilou terça-feira com a coleção outono-inverno 2017. - © PixelFormula


A holding de Renzo Rosso, que detém, além da sua principal marca Diesel, a Marni, Maison Margiela e Viktor & Rolf, Diesel Kid, bem como a fabricante Staff International, fecha assim o ano de 2015 em linha com 2014 (+2%) com um volume de negócios de 1.590 bilhão de euros (6.753 bilhões de reais) contra 1.560 bilhão um ano antes.
 
O grupo se inscreve, por outro lado, em claro recuo do ponto de vista dos resultados com um lucro líquido de 3,5 milhões de euros contra 5,5 milhões em 2014 (-36%) e um resultado bruto de exploração (Ebitda) de 74 milhões de euros em 2015 (314,3 milhões de reais) contra 117,4 milhões um ano mais cedo (-37%).

O ano passado foi marcado em especial pela criação do site de vendas único da Diesel, que "registrou desde o seu lançamento um crescimento de dois dígitos", destaca o grupo em seu comunicado, lembrando a renovação da sua licença de relógios com a Fossil, cujo volume de negócios representa em torno de 200 milhões de euros.
 
São as marcas de luxo, que permitiram, sobretudo, a OTB equilibrar suas contas "com taxas de crescimento de dois dígitos", apontou o CEO Riccardo Stilli à MF Fashion. Com a chegada em 2014 de John Galliano à sua direção criativa, a Maison Margiela viu suas vendas saltarem 30%, confiou recentemente Renzo Rosso.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Tags :
Moda
Denim