×
Por
Europa Press
Publicado em
12 de fev. de 2015
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Nova York dá as boas-vindas a uma Semana de Moda de transição

Por
Europa Press
Publicado em
12 de fev. de 2015

Nova York (TRENDSmérica) – Desde esta quinta-feira até o próximo dia 19, Nova York conhecerá as variadas propostas de um total de 350 marcas de moda que apresentarão as suas coleções de outono-inverno 2015/16.

Foto: Eric Thayer / Reuters

Durante oito dias, essas casas de moda e designers imporão um ritmo frenético em uma semana na qual veremos desfilar as empresas mais renomadas do mundo fashion, onde modelos, celebridades e convidados de honra terão um protagonismo especial.
 
A semana de moda semestral começa levando milhões de dólares à cidade estadunidense, superando os benefícios econômicos do U.S Open, Super Bowl e a maratona de Nova York.

Os resultados dos desfiles dos criadores de moda, que gastam uma grande quantidade de dinheiro em festas extravagante, geram uma receita anual de 887 milhões de dólares, de acordo com uma análise da Corporação de Desenvolvimento Econômico da Cidade de Nova York.
 
Nestes oito dias veremos passar pela última vez no Lincoln Center a fashion week que recebe o apoio da Mercedes-Benz.
 
Serão celebradas gigantes da moda como Tommy Hilfiger, Lacoste, Vera Wang, Ralph Lauren, Donna Karan, Carolina Herrera, Marc Jacobs, Calvin Klein, Michael Kors, Custo Barcelona, Etxeberria, Desigual, Max Azria, Proenza Shoulder ou Victoria Beckham, que compartilharão o calendário com 13 novos nomes.

Calvin Klein, primavera-verão 2015

A respeito das muitas novidades desta edição, veremos ainda a Banana Republic, pela primeira vez na semana da moda em Nova York, além da estreia de Peter Copping como diretor criativo de Oscar de la Renta, o criador Thomas Wylde, estilista californiano popular entre as atrizes de Holywood ou a norueguesa Nina Skarra, cujas roupas ambientalmente corretas são usadas pelas celebridades europeias.
 
Um novo nome no jet set da moda é o rapper Kanye West, que apresentará junto com a Adidas uma coleção na qual colaborou.
 
Assim como se viu na semana de moda de Madri, a semana nova-iorquina exibirá tendências dos anos 1970.
 
Na passarela veremos Jamie Brewer, uma atriz que se tornou famosa pelo seu papel na série de televisão ‘American Horror Story’. Brewer, que tem Síndrome de Down, apresentará a coleção do costureiro Carrie Hammer. Um desfile que promete causar furor, uma vez que ele não contará com as modelos típicas da passarela.
 
No sábado, dia 14, conheceremos a coleção que apresentará a supermodelo britânica Naomi Campbell, que organiza um desfile beneficiente a fim de arrecadar fundos para as vítimas de Ebola.
 
À ordem do dia, depois da Semana da Moda em Nova York, será a vez de conferir as coleções dos estilistas de Londres, Milão e do circuito mais influente no mundo, Paris.

Copyright © 2022 Europa Press. Está expressamente proibida a redistribuição e a retransmissão do todo ou parte dos conteúdos aqui apresentados sem o prévio e expresso consentimento.