×
Por
UseFashion
Publicado em
12 de nov. de 2014
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Movimento #feitonobrasil é lançado pela Rhodia

Por
UseFashion
Publicado em
12 de nov. de 2014

Na última terça-feira (11), a Rhodia, empresa do Grupo Solvay, lançou em São Paulo o movimento #feitonobrasil no Espaço Itaú de Cinema, em parceria com a consultora de moda Renata Abranchs.


Com o intuito de resgatar o orgulho, incentivar a produção e viralizar o debate sobre o que é feito no Brasil, o 2º Encontro de Moda SP, criado pela consultora Renata Abranchs, promoveu um debate entre Roberto Davidowicz, presidente da Associação Brasileira dos Estilistas (Abest); Fernando Pimentel, presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT); Rony Meisler, da Reserva, e Ronaldo Fraga. Entre os temas abordados, o desenvolvimento econômico do país, produção chinesa e orgulho nacional.

Renato Boaventura comentou sobre a participação da Rhodia no Encontro. "É uma satisfação enorme fazer parte do Encontro de Moda, em especial hoje que lançamos o #feitonobrasil. Com 95 anos no Brasil, a Rhodia se orgulha de produzir no país e principalmente desenvolver inovação para a industrial têxtil", afirmou.

Segundo Fernando Pimentel, o Brasil está entre as quatro indústrias mais potentes do mundo e destacou que mesmo com um cenário desfavorável é possível ter um futuro promissor "se as empresas trabalharem com afinco".

Rony Meisler afirma que os consumidores já estão mais abertos à essa proposta de produto 100% brasileiro. "Acredito que ele valoriza sim o produto nacional, e as marcas precisam investir mais pesado no próprio país". O estilista Ronaldo Fraga, consagrado por suas criações autorais e icônicas, comentou que a moda nacional tem seu valor e que é bem reconhecida fora do país.

A tag #feitonobrasil deve ser usada por marcas que apoiam a produção dentro do país. E até mesmo um manual de uso do logotipo foi criado para orientar aqueles que queiram aderir ao movimento.

Imagem: Divulgação

Copyright © 2022 UseFashion. Todos os direitos reservados.