×
Por
UseFashion
Publicado em
20 de out. de 2010
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Michelle Obama aumenta valor de 29 marcas

Por
UseFashion
Publicado em
20 de out. de 2010

A Harvard Business Review, revista de negócios da famosa Universidade de Harvard, divulgou recentemente um estudo sobre a influência da primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, na moda. O resultado da análise é revelador: nunca uma primeira-dama misturou tantas marcas e gerou tanto retorno para as grifes que veste.
 

Michelle Obama


Segundo David Yermack, que conduziu parte da pesquisa, cada aparição pública de Michelle eleva as ações das marcas escolhidas em mais de R$ 23 milhões em média. Este ganho gerado é mantido por até 3 semanas e sua popularidade independe do índice de aprovação do governo de seu marido. 

Foram contabilizadas 189 aparições públicas ao longo do estudo, iniciado em 2009, que geraram mais de R$ 4,5 bilhões para as 29 grifes usadas pela senhora Obama. "Meus produtos estão voando das lojas", afirmou Naeem Kham em entrevista ao Wall Street Journal, 12 semanas após Michelle ter usado um vestido criado por ela.

Uma influência tão grande quanto a de Michelle é inédita, uma vez que nem mesmo ícones de estilo ligados à política, como Carla Bruni-Sarkozy, conseguem essa popularidade. Um dos motivos é que a esposa de Obama, munida de informação de moda, mistura peças com preços populares e itens de grife. Já outras esposas de presidentes costumam manter um favoritismo, como Bruni tem pela Dior.

Fotos: REUTERS e Harvard Business Review/Reprodução
Eduardo Pedroso

Copyright © 2021 UseFashion. Todos os direitos reservados.