×
749
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Mango aposta forte na China

Por
Portugal Textil
Publicado em
today 7 de jul de 2010
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A China, o maior mercado do mundo em termos de potencial de desenvolvimento do sector retalhista, converteu-se em parada obrigatória para as principais cadeias de moda mundial. A Mango, uma das principais empresas europeias no ramo da moda que apostou naquele país, definiu como objectivo a implementação de 60 novas lojas naquele mercado até final deste ano.

Mango
Scarlett Johansson na campanha publicitária da Mango


A empresa espanhola vai, durante os próximos cinco anos, apostar forte no crescimento da sua rede de vendas fora de Espanha, para assim contrariar a queda do consumo no país vizinho.

Segundo Enric Casi, director-geral da Mango, a marca planeia aumentar a sua rede de distribuição das actuais 1.400 lojas para perto dos 3 milhares. Um crescimento que significa a duplicação dos seus espaços comerciais até ao final de 2015.

A Mango, que é o segundo grupo espanhol de retalho de moda, encerrou o exercício de 2009 com uma facturação consolidada em torno dos mil 150 milhões de euros, um crescimento de apenas 4% mas que foi suficiente para ultrapassar o Grupo Cortefiel que ocupava anteriormente esta posição.

Depois das suas vendas realizadas no mercado interno terem retrocedido 4%, a maior internacionalização é a estratégia escolhida para a continuidade do seu crescimento. Dentro das localizações escolhidas para a expansão internacional, o mercado chinês é o alvo preferencial face ao imenso potencial que apresenta.

Para o responsável operacional da Mango, é possível a empresa intensificar o seu ritmo de abertura de lojas graças às oportunidades que estão a surgir no mercado imobiliário fruto da conjuntura económica. Preços mais baixos e uma maior taxa de disponibilidade são, assim, dois factores que Casi vê como uma oportunidade para a empresa que gere.

Além da abertura de lojas próprias, a marca de moda espanhola irá apostar no desenvolvimento de corners nos grandes armazéns. No passado mês de Abril a Mango chegou a um acordo com os americanos da JC Penney para a abertura de 600 pontos de venda nos seus espaços localizados em todo o território dos EUA. Esta fórmula, a ser posta em prática nos próximos dois anos, permitirá uma rápida penetração naquele mercado.

Durante o período de acelerado crescimento que se antevê para a Mango, a cara das suas campanhas continuará a ser Scarlett Johansson. A protagonista de filmes como Match Point ou Vicky Cristina Barcelona voltará a aparecer na próxima campanha Outono/Inverno da marca. Esta campanha será a segunda onde a actriz americana dá a cara pela Mango, depois de esta ter utilizado as irmãs Penélope e Mónica Cruz.

Ao contrário de outras cadeias de retalho de moda, a Mango valoriza consideravelmente as suas campanhas publicitárias como ferramenta de marketing. Historicamente, a marca espanhola tem optado pela utilização de celebridades para ajudar à sua promoção.

Copyright © 2019 Portugal Têxtil. Todos os direitos reservados.