×
1 080
Fashion Jobs
GRUPO BOTICARIO
Analista fp&a i - Gestão de Verbas Comerciais
Efetivo · São José dos Pinhais
GRUPO BOTICARIO
Pessoa Coordenador(a) de Compras de Eventos
Efetivo · São José dos Pinhais
RENNER
Product Owner (po) - Omnichannel
Efetivo · São Paulo
FARFETCH
Product Manager (Ecommerce Experience) - Farfetch Platform Solutions
Efetivo · SÃO PAULO
GRUPO BOTICARIO
Especialista ii Treinamento Comercial Venda Direta - Franschising
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Pessoa Compradora de Projetos Júnior - Híbrida - PR
Efetivo · São José dos Pinhais
MARISOL
Analista de CRM - São Paulo
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Gerente sr Comercial Lojas Boti (Nordeste)
Efetivo · Brasília
RENNER
Content & Performance Manager
Efetivo · São Paulo
VIVARA
Analista de Compliance Senior
Efetivo · São Paulo
MARISOL
Analista de CRM
Efetivo · Jaraguá do Sul
VIVARA
Analista de CRM sr
Efetivo · São Paulo
RENNER
Product Owner (po) | Marketplace – Onboarding de Sellers
Efetivo · São Paulo
RENNER
Product Owner (po) | Marketplace - Atendimento e Pós-Vendas
Efetivo · São Paulo
PUMA
Retail District Manager
Efetivo · São Paulo
RENNER
Coordenador de CRM
Efetivo · São Paulo
GRUPO BOTICARIO
Tecnico de Qualidade
Efetivo · São José dos Pinhais
GRUPO BOTICARIO
Pessoa Consultora de Vendas o Boticario - Nova Iguaçu - rj
Efetivo · Nova Iguaçu
GRUPO BOTICARIO
Especialista l - Analytics e bi (Afirmativa Para Talentos Diversos)
Efetivo · Curitiba
AVON
Gerente de Desenvolvimento da Rede Itinerante
Efetivo · SÃO PAULO
VIVARA
Vendedora - Shopping São Bernardo Plaza - São Bernardo do Campo /sp
Efetivo · São Bernardo do Campo
VIVARA
Vendedora – City Center Outlet Premium - Campo Largo/PR
Efetivo · Campo Largo
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
6 de jul. de 2017
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Maison Margiela Artisanal: um livro não deve der julgado pela capa

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
6 de jul. de 2017

Se há um estilista que está tendo uma ótima semana, certamente este é John Galliano, que apresentou uma bela coleção hiper-desconstruída para a Maison Margiela Artisanal na quarta-feira (5), no norte de Paris. 

O desfile ocorreu dois dias após o lançamento de uma excelente exposição – Christian Dior, Couturier du Rêve – que confirmou Galliano como o sucessor mais brilhante de Monsieur Dior. 

Nesta mesma semana, Renzo Rosso, o bilionário italiano que controla a Margiela, revelou que os negócios da marca nunca foram tão bem. 

Maison Margiela - Outono-Inverno 2017 - Alta-Costura - Paris - © PixelFormula


Galliano foi muitas vezes criticado, provavelmente de maneira injusta, por ser um estilista teatral demais para uma marca como Margiela, um templo da moda conceitual. Na apresentação de seu desfile, no entanto, ele estava completamente em sincronia com o legado de Margiela. Seu ponto de partida era um livro, literalmente, pois o designer nascido em Gibraltar desmembrou volumes de uma enciclopédia histórica, os costurou e montou para criar uma apresentação cativante.

As mangas foram arrancadas e separadas dos ombros e os casacos suspensos na altura da cintura. Galliano brinca com as proporções como um arquiteto perturbado, mas sempre consegue reproduzir imagens de grande beleza. Destaque para os vestidos em mousseline transparente, que deixavam à mostra sutiãs esportivos, e também para um motivo tribal africano aplicado em um lindo vestido longo, assim como os casacos-vestidos metálicos, completamente desconstruídos, com grandes cintos prateados.

Maison Margiela - Outono-Inverno 2017 - Alta-Costura - Paris - © PixelFormula


Uma exibição magistral de leveza e inteligência, e uma coleção que certamente irá inspirar uma tendência para a transparência nas próximas temporadas.

O desfile foi realizado em seu próprio ateliê, onde manequins usavam trench coats feitos em fitas e amostras de tecido, e onde havia um manequim do século XIX exposto em um carrinho pré-revolucionário. Toda a equipe estava orgulhosamente em pé numa escada, vestindo branco, tradição da maison, deixando os convidados muito impressionados.

A sede da Margiela está localizada em um antigo convento situado em frente à igreja Saint-Joseph-des-Nations ("São José das Nações”), no norte de Paris. Um local adequado, pois John Galliano lida com destreza a mistura de culturas. Suas criações são extremas, mas os resultados são sempre emocionantes e majestosos.


Maison Margiela - Outono-Inverno 2017 - Alta-Costura - Paris - © PixelFormula


O clímax do desfile veio com um trench coat surpreendente, um quimono assustador, samurai dandy, feito em seda rígida, criando efeito de papelão. "Bellissima!", exclamou Renzo Rosso, sentado na primeira fila, em um desfile restrito a apenas 80 convidados.

Rosso revelou à FashionNetwork.com que a Maison Margiela obteve crescimento de vendas de dois dígitos no ano passado, com vendas anuais de 142 milhões de euros.

"Os negócios não poderiam estar melhor. Três quartos das vendas da Margiela são representados pelo prêt-à-porter e os demais pelos acessórios. Normalmente, em marcas de moda, é o contrário. Então, vemos muito potencial de crescimento graças ao John. Muito! Disse um orgulhoso Rosso.
 

Copyright © 2023 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.