×
165
Fashion Jobs
AMARO
Partner Brands Success Manager (Home)
Efetivo - CLT · São Paulo
AMARO
CRM Lead
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Analista de Controladoria pl
Efetivo - CLT · São Paulo
AMARO
Principal Product Manager
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Analista de Produtos Financeiros pl
Efetivo - CLT · São Paulo
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Cidade de São Paulo
Efetivo - CLT · São Paulo
VIVARA
Aprendiz Comercial - Center Shopping Uberlândia
Efetivo - CLT · Uberlândia
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Del Rey
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Uberaba
Efetivo - CLT · Uberaba
AMARO
Compliance Analyst
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
THE SIMPLE FOLK
Remote Director of Marketing - Ethical, Sustainable Children's Fashion
Free-lance ·
YOUCOM
Consultor de Vendas Sênior (Contagem)| Youcom
Efetivo - CLT · Contagem
YOUCOM
Gerente de Loja Especializada (Interlagos - sp) | Youcom
Efetivo - CLT · São Paulo
CAMICADO
Promotor de Vendas - Porto Alegre
Efetivo - CLT · Porto Alegre
CAMICADO
Promotor de Vendas - Campinas
Efetivo - CLT · Campinas
CAMICADO
Aprendiz Camicado Jundiai Shopping
Efetivo - CLT · Jundiaí
AMARO
Gerente de Loja Curitiba
Efetivo - CLT · Curitiba
AMARO
Global Apparel Developer
Efetivo - CLT · São Paulo
AMARO
Vendedor(a) Curitiba
Efetivo - CLT · Curitiba
AMARO
Fashion Buyer & Product Developer - Footwear
Efetivo - CLT · São Paulo
AMARO
Tech Recruiter Intern
Efetivo - CLT · São Paulo
AMARO
Brands Success Intern
Efetivo - CLT · São Paulo
Publicado em
8 de fev de 2016
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Louis Vuitton lançará uma bolsa conectada em 2017

Publicado em
8 de fev de 2016

Convidado no passado sábado de manhã do programa francês "C’est arrivé demain", apresentada por David Abiker, Michael Burke, presidente e diretor-geral da Louis Vuitton anunciou que a grife lançaria uma bolsa conectada em 2017. Será o primeiro produto dessa categoria para a filial da LVMH. Michael Burke até mesmo explicou: "Nunca mais vamos perdê-la", a única coisa que ele quis dizer!

Michael Burke


O CEO da Louis Vuitton regressou ainda aos últimos tempos da grife, saudando o trabalho do diretor artístico, Nicolas Ghesquière, bem conectado com o atual "período mais sóbrio". Evidentemente que ele não condena os anos Marc Jacobs. "Ele tinha uma sensibilidade pop, que funcionou extremamente bem naqueles anos, destacou Michael Burke. Explicando: "Marc estava ligado mais ao que é imediato".
 
No que diz respeito aos vínculos entre uma direção artística e uma marca, aquele que se encontra nos pilares da LVMH há muitos anos insistiu na primazia da marca, no seu DNA, nos diretores artísticos, reconhecendo suas contribuições. "No final, o que conta é a marca, sua história", ressaltou Michael Burke.

De qualquer forma, o CEO da Louis Vuitton pôde alegrar-se do regresso ao centro do palco do carro-chefe da LVMH, que representaria a metade do volume de negócios do grupo (35 bilhões de euros, cerca de 153 bilhões de reais). A explicação dada pelo dirigente: é graças à Europa, aos Estados Unidos e ao Japão que a Louis Vuitton funciona muito bem.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.