×
Publicado em
25 de fev. de 2014
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Lojas de Departamentos: +22,2% em vendas daqui para 2019

Publicado em
25 de fev. de 2014

O mercado mundial das lojas de departamentos deve gerar cerca de 100 bilhões de dólares em vendas daqui para 2019. Um avanço esperado de 22,2% amplamente sustentado pela região Ásia-Pacífico e, principalmente, pela China. É o que aponta o estudo Global Department Store Retailing da Veredict.

Projeções para 2019 - Verdict Consultoria de Varejo


Na realidade, a China seve representar, dentro de cinco anos, cerca de 30% das vendas mundiais realizadas por este circuito de distribuição, aproveitando da alta do consumo nacional com a qual devem beneficiar-se tanto as marcas nacionais quanto as internacionais. As principais altas de atividade das department sotres ocorrerão na região Ásia-Pacífico (+49,5%), na América Latina (+40,9%), na China (+38,1%) e na região que engloba o Oriente Médio e a África (+36,1%). O avanço será menor na América do Norte (+12,6%) e na Europa (+10,2%). O Japão, onde as department stores há muito tempo prosperam, deve evoluir apenas 1,1%.

Parcelas do mercado das lojas de departamentos em 2014 - Veredict


Com isso, a Ásia-Pacífico será levada a representar 49% das vendas mundiais realizadas em department stores, à frente da América do Norte com 26,4% e da Europa com 18,7%, ao passo que a América Latina atingirá os 4,5% e a África e o Oriente Médio constituirão 1,4% do conjunto.

A Veredict apresenta também o balanço dos últimos cinco anos. Todas as marcas não se saíram tão bem neste período. A Macy’s (+0,3%) e principalmente a Nordstrom (+0,7%) seriam as principais ganhadoras de parcelas do mercado, enquanto a Sears (-2,5%) e a JC Penney (-2,2%) teriam perdido terreno.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.