×
901
Fashion Jobs
STUDIO Z
Coordenador de Planejamento Comercial
Efetivo - CLT · FLORIANÓPOLIS
GRUPO MEIA SOLA
Gerente de Marketing
Efetivo - CLT · FORTALEZA
GRUPO BOTICARIO
Executivo de Vendas ii (São Paulo)
Efetivo - CLT · São Paulo
LULITEX COM IMP EXP LTDA
Auxiliar Comercial
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas Pleno - Treinamento e Desenvolvimento
Efetivo - CLT · Guaramirim
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas - Assistente Social
Efetivo - CLT · Guaramirim
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Lojas - Quem Disse, Berenice?
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
CAMICADO
Supervisor de Vendas e Operação de Loja - Brasília
Efetivo - CLT · Brasília
RENNER
Encarregado de Logistica E-Commerce
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Lojas - o Boticário
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
GRUPO BOTICARIO
Product Owner E-Comm
Efetivo - CLT · Curitiba
IBRANDS
Líder de Logística
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
GRUPO BOTICARIO
Analista Gestão de Riscos Csc pl
Efetivo - CLT · Curitiba
AVON
Comprador Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
AVON
Comprador Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral
RENNER
Supervisor de Vendas | Rio Verde
Efetivo - CLT · Rio Verde
RENNER
Supervisor de Vendas| Imperial Shopping - Imperatriz ma
Efetivo - CLT · Imperatriz
RENNER
Supervisor de Vendas| Shopping Golden Calhau - São Luís
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| São Luís Shopping
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| Natal Shopping
Efetivo - CLT · Natal
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral

Jihua Park quer ser o primeiro 'touristic lifestyle center' chinês

Publicado em
today 29 de jun de 2015
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Ao mesmo tempo centro comercial e espaço de lazer, o Jihua Park, que o grupo chinês Jihua Group começou a construir em Xunquim, uma das cinco mais importantes cidades chinesas, e que deve abrir daqui para o fim do ano, quer ser uma espécie de porta-bandeira de um novo conceito turístico. Certamente a fórmula já existe tanto em outros locais como na China. Mas neste país, onde os conceitos clássicos de centros comerciais têm dificuldade para avançar, este Touristic Lifestyle Center como é chamado, quer trazer uma nova maneira de realizar comércio.


Para trazer-lhe à luz, o grupo chinês Jihua Group, que tem atividades em áreas como comércio, metalurgia, têxtil e bens de capital, recorreu a um especialista italiano no varejo, a Arco Retail.
 
Há quatro anos, nos inícios da relação entre essas companhias, a empresa chinesa buscou assessoria para um projeto comercial que pretendia ser um outlet. Assim, neste ínterim, o projeto evoluiu fortemente e até mesmo uma joint venture entre os italianos e o Jihua Group foi constituída para dar nascimento ao Jihua Park. A tal ponto que tanto Luca Bastagli Ferrari, dirigente da Arco Retail, como o diretor-geral do Jihua Park, preparam-se nas próximas semanas para instalarem-se em Xangai.   

Para conduzir bem este projeto ambicioso, já que ele deve ser levado para mais 35 locais na China, já tendo doze terrenos adquiridos, os associados recorreram à agência Pueblo Paris, com William Lafarge como diretor artístico.
 
Portanto, a ideia dos promotores do Jihua Park é reunir num mesmo local atividades de compra, esportivas e de lazer (percurso de espeleologia, waterpark, escalada, surf, esqui indoor, etc.) e de serviços de hotelaria. O projeto situa-se exatamente em Liangjiang, a 50 km de Xunquim.
 
Uma área que se situa no coração das montanhas verdes entre a parte norte do rio Yangtzé e a parte oriental do rio Jailig. Uma localização importante para assentar um projeto que se vê impregnado de uma referência cultural e natureza. Aqui estamos distantes das torres de Xangai, aliás, lembrando uma arquitetura que faz referência a uma certa tradição chinesa.


A superfície total do projeto trata de mais de 600.000 m² com uma área construída de 193.000 m². O setor dedicado às atividades desportivas, batizado de Sports Hub, conta com 18.000 m². O centro comercial começa com 30.000 m². Uma segunda fase diz respeito a uma área de 20.000 m² e de uma terceira de 10.000 m².
 
O projeto comercial compreende três partes. Uma conta com 85 lojas independentes, com operação clássica e gestão direta das marcas. A outra diz respeito a 24 lojas de módulo único, mas negociável pelo que parece, de 130 m². Principalmente, nesta parte, a exploração aproxima-se de uma shop in shop de lojas de departamento.
 
Jihua Park disponibilizou uma plataforma que deve facilitar a implantação das marcas. Basicamente, o Jihua Park cuida de tudo, tentando simplificar os processos administrativos, recrutando e formando quadros de pessoal, adaptando a oferta, etc. Isso evita que as marcas tenham de criar uma estrutura na China. O custo de implantação chega a 30.000 euros, para a assistência operacional, e a 20.000 euros, para a licença de venda no varejo.
 
A este custo de 50.000 euros, acrescenta-se uma comissão de 5% sobre o volume de negócios. No entanto, as marcas têm de se comprometer com três centros no mínimo. Já assinaram Peuterey, Braccialini, Baldinini, Bottega Del Sarto, Stella Luna, Luxottica, Anne Fontaine, Moleskine, Melloni, Aspinal of London. Por outro lado, a Diesel estará presente, mas do lado das marcas independentes.
 
Com este conceito, o Jihua Group pretende beneficiar-se do boom do turismo doméstico em pleno desenvolvimento. Como bem sublinha Luca Bastagli Ferrari, mesmo que se vejam muitos Chineses fora da China, apenas 4% da população possuem um passaporte. "Porém, podemos constatar a fascinação de cada vez mais Chineses pelo lazer, pelo desporto e pelas atividades outdoor".

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.