×
Por
Portugal Textil
Publicado em
7 de fev. de 2011
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Inditex visa o mercado calçadista da classe média

Por
Portugal Textil
Publicado em
7 de fev. de 2011

A Inditex está a estudar a possibilidade de criar um novo conceito de lojas especializadas em calçado. Segundo fontes do setor, o objetivo da Inditex é o de criar uma cadeia de sapatos e acessórios posicionada ao mesmo nível dos artigos que atualmente são comercializados pela Zara. Deste modo, a empresa fundada por Amancio Ortega lançará um conceito com um posicionamento no mercado inferior à Uterqüe, cujos preços são os mais altos de todas as cadeias do grupo.

Zara


Fontes próximas do grupo afirmam que este é um dos projetos nos quais a Inditex trabalha atualmente, mas ainda não existem datas a curto prazo para o lançamento desta nova marca. Isto porque a Inditex precisa, no mínimo, de um ano e meio para poder lançar no mercado uma nova marca.

O novo projeto é desenvolvido pela empresa Tempe, localizada em Elche (Alicante). Dedicada ao design, fabrico e distribuição de calçado das oito cadeias da Inditex, a Tempe produziu em 2010, um total de 47,69 milhões de pares de calçado, o que significou aumento de 18,4% em relação ao ano anterior.

O gigante espanhol aposta, assim, no calçado num momento em que, como consequência da conjuntura econômica, os acessórios ganham destaque nas escolhas dos consumidores.

Em 2009, segundo dados da Federação de Indústrias do Calçado Espanhol (Fice), o mercado espanhol do calçado atingiu um volume de negócios de 1.709,6 milhões de euros, com um total de 325,9 milhões de pares de sapatos. De igual forma, as principais marcas de moda mundiais, assim como empresas dedicadas ao setor do luxo, têm vindo a potenciar as suas divisões de acessórios. A cadeia norte-americana Anthropologie, propriedade da Urban Outfitters, lançou recentemente uma cadeia independente para sapatos e bolsas.

Relativamente às cadeias de lojas da Inditex, a última a surgir no mercado foi a Uterqüe, quando abriu cinco estabelecimentos em Julho de 2008. A segunda cadeia mais jovem do grupo é a Zara Home, que iniciou a sua trajetória em 2003. Desde a abertura em 1975 da primeira loja Zara, a Inditex tem desenvolvido uma rede de mais de 5.000 estabelecimentos em cerca de 80 países do mundo.

Copyright © 2022 Portugal Têxtil. Todos os direitos reservados.