×
Publicado em
16 de dez. de 2015
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Inditex reforça sua aposta no negócio on-line

Publicado em
16 de dez. de 2015

À data de 31 de outubro, o grupo têxtil espanhol alcançava as 6.913 lojas em 88 mercados, 28 dos quais já contam com sua própria plataforma de venda on-line. De concreto, Zara ampliou seu número de lojas on-line a Taiwan, Hong Kong e Macau, ao passo que a Zara Home chegou ao Japão e Austrália, tronando-se a primeira e-shop que Inditex lança no Hemisfério Sul. Também, Uterqüe, marca de alta gama do grupo, aterrissou na Suécia e Dinamarca.

Centro tecnológico da Inditex em Arteixo (Corunha) - Inditex


Por sua vez, Massimo Dutti, Oysho, Pull&Bear e Stradivarius já estão presentes na China através da TMall, plataforma e-commerce do Alibaba, onde a Inditex já contava com as lojas da Zara e Bershka.
 
Segundo Pablo Isla, a aposta no negócio on-line na China se reforça com a abertura de grandes lojas físicas, como as recentes inaugurações da Zara em Pequim, Harbin ou ainda Hong Kong.

Para 2016, Inditex prevê a ampliação da sua expansão on-line a todos os países da União Europeia, principalmente com seu carro-chefe Zara, na Bulgária, Chipre, Croácia, Eslováquia, Eslovênia, Estônia, Finlândia, Hungria, Letônia, Lituânia, Malta e República Checa. A esses mercados será somado também aquele da Turquia.  
 
A gigante espanhola do varejo de moda mostrou na passada quinta-feira os resultados dos primeiros nove meses do seu exercício fiscal, com um lucro líquido de 2.02 bilhões de euros, o que representa um aumento de 20% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.