×
589
Fashion Jobs
RENNER
Analista de RH - Business Partner
Efetivo - CLT · Porto Alegre
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas Pleno - Treinamento e Desenvolvimento
Efetivo - CLT · Guaramirim
CAMICADO
Supervisor de Vendas e Operação de Loja - Brasília
Efetivo - CLT · Brasília
RENNER
Encarregado de Logistica E-Commerce
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
GRUPO BOTICARIO
Analista Gestão de Riscos Csc pl
Efetivo - CLT · Curitiba
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral
RENNER
Supervisor de Vendas| Imperial Shopping - Imperatriz ma
Efetivo - CLT · Imperatriz
RENNER
Supervisor de Vendas| Shopping Golden Calhau - São Luís
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| São Luís Shopping
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| Natal Shopping
Efetivo - CLT · Natal
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral
RENNER
Supervisor de Vendas| Imperial Shopping - Imperatriz ma
Efetivo - CLT · Imperatriz
RENNER
Supervisor de Vendas| Shopping Golden Calhau - São Luís
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| São Luís Shopping
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| Natal Shopping
Efetivo - CLT · Natal
RENNER
Executivo Comercial
Efetivo - CLT · Porto Alegre
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Cidade de São Paulo
Efetivo - CLT · São Paulo
VIVARA
Aprendiz Comercial - Center Shopping Uberlândia
Efetivo - CLT · Uberlândia
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Del Rey
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
VIVARA
Aprendiz Comercial - Shopping Uberaba
Efetivo - CLT · Uberaba
RENNER
Buyer (Fashion Buyer)
Efetivo - CLT · Porto Alegre
RENNER
Supervisor de Vendas
Efetivo - CLT · Sumaré

Inditex e sindicatos buscam melhor qualidade de fornecedores têxteis

Por
Europa Press
Publicado em
today 27 de abr de 2016
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Inditex e IndustriALL, a federação global de sindicatos que representa operários em 140 países, ampliaram seu quadro de ação e concordaram que especialistas sindicais podem ser integrados em várias das principais regiões têxteis, denominadas 'clusters', onde há produção da companhia, a fim de monitorar, supervisionar e acompanhar os fornecedores em todo o mundo, segundo informou o grupo espanhol num comunicado.

Inditex e IndustriALL selam seu acordo - Inditex


Assim, o presidente da Inditex, Pablo Isla, e o secretário-geral da IndustriALL, Jyrki Raina, assinaram em Bruxelas este acordo, único no setor, no âmbito da Conferência de Alto Nível sobre Gestão Responsável da Cadeia de Fornecimento no setor têxtil, organizada pela Comissão Europeia.
 
Inditex conta na atualidade com onze clusters estabelecidos em Espanha, Portugal, Marrocos e Turquia, Vietnã, Camboja, Bangladesh, Índia, Argentina, Brasil e China.

De modo adicional, Inditex e IndustriALL desenvolverão acordos específicos para os clusters da cadeia de fornecimento da companhia, a fim de atender às características próprias dos fornecedores em cada região geográfica.
 
"Esta nova iniciativa é um passo importantíssimo para melhorar a cadeia de produção têxtil global. Temos de enquadrá-la dentro do acordo já assinado com a IndustriALL em 2007, que se demonstrou como o mais eficaz para acompanhar e formar os fornecedores têxteis em todo o mundo. Estou seguro de que, com este reforço de organização, vamos alcançar objetivos sociais mais ambiciosos ainda", apontou Pablo Isla.
 
Por sua vez, o secretário-geral da IndustriALL, Jyrki Raina, afirmou que este acordo mostra um "compromisso genuíno e sem precedentes" por parte da Inditex para melhorar os direitos dos trabalhadores das fábricas dos fornecedores do grupo, o que ajudará a melhorar a capacidade dos operários para negociar salários e condições laborais com fornecedores.
 
Isla: "O que realmente importa são as pessoas"
 
O presidente da Inditex, além disso, participou como primeiro orador na sessão plenária da Conferência de Alto Nível sobre Gestão Responsável da Cadeia de Fornecimento no setor têxtil, organizada pela Comissão Europeia, onde expôs o modelo de negócio sustentável da companhia a longo prazo.
 
Isla começou sua intervenção destacando que, acima de qualquer princípio, "temos de ter ciência com clareza de que as pessoas são a única coisa e o que realmente importa em qualquer organização, instituição ou empresa" e da importância que têm para a companhia palavras como "respeito, motivação, inspiração, espírito empreendedor e trabalho em equipe".
 
O presidente da marca têxtil sublinhou que a sustentabilidade surge como valor estratégico natural, uma vez que implica incluir a eficiência de recursos e a responsabilidade social como base para o trabalho de qualquer empresa que mira o longo prazo.
 
Além disso, reiterou a importância da rastreabilidade "como ferramenta de identificação essencial de cada um dos processos que interfere na cadeia de valor do produto". "A rastreabilidade é uma prioridade para a Inditex, com a qual identificamos todos os processos dos nossos fornecedores, supervisionando-os através de mais de 10.000 auditorias anuais, entre sociais e ambientais", recordou o dirigente.
 
Por último, ele explicou também a capacidade do grupo para gerar valor social a partir de todos esses princípios, canalizado através de diferentes programas, entre os quais destacou a ajuda a refugiados, os programas de emergência, de educação ou de integração.
 
"É especialmente destacável a ajuda da Inditex aos refugiados na Europa, e na fronteira entre Síria e Turquia, bem como nossas iniciativas de integração de coletivos vulneráveis (Salta e Jeunes) e de pessoas com deficiência mental ou física (For&From)", apontou o executivo.

 

Copyright © 2020 Europa Press. Está expressamente proibida a redistribuição e a retransmissão do todo ou parte dos conteúdos aqui apresentados sem o prévio e expresso consentimento.