×
891
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Geox viu em 22014 suas vendas avançarem mais de 9%

Publicado em
today 25 de mar de 2015
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A Geox confirma os sinais positivos entrevistos nos inícios de 2014 encerrando o ano com resultados melhores que os previstos, com uma alta das vendas e uma forte redução da sua perda líquida.
 
Ano passado, a marca italiana de calçados realizou um volume de negócios em progressão de 9,3% em comparação com 2013, anuncia a empresa em um comunicado por ocasião da publicação dos seus resultados anuais. Em paralelo, sua perda líquida reduziu-se drasticamente, passando de 29,7 milhões de euros em 2013 para 2,94 milhões um ano mais tarde.

Geox, modelo de tênis feminino outono-inverno 2016


O resultado operacional e o resultado bruto de exploração melhoraram também amplamente no mesmo período, passando respectivamente de uma perda operacional de 34,6 milhões a um excedente de 4,9 milhões e de um Ebitda de 10,7 para 42,6 milhões.
 
Com isso, a Geox reencontrou um ritmo de cruzeiro, em particular na Itália, seu principal mercado (33,1% do volume total de negócios), onde as vendas aumentaram 13,7%, ascendendo a 272,6 milhões.

No restante da Europa, as vendas aumentaram 9,3% para 359,2 milhões, com avanços na casa de dois dígitos também na França (+16,1%) e na Espanha (+16,5%). Do outro lado do Atlântico, o volume de negócios cresceu 3,4% (+7,7% com taxas de câmbio constante) ascendendo a 55,5 milhões de euros, ao passo que ele avança 3,8% no resto do mundo.
 
O calçado que respira registra igualmente bons desempenhos nas suas lojas sob gestão própria, representando 42% do total das receitas do grupo. Assim, as vendas via suas 477 sucursais em 2014 saltaram 21% para 345,7 milhões (em perímetro comparável, a alta foi de 7,9%). Nas franqueadas, as vendas avançaram 2,3% e somente 2% nas multimarcas.
 
Em 31 de dezembro de 2014, a Geox contava com um total de 1.225 pontos de venda. Ao longo do ano, 165 lojas foram fechadas no âmbito de um plano de racionalização da rede de vendas, contra 91 novas aberturas.

Geox masculino, outono-inverno 2016


Neste contexto, a direção continua confiante para 2015, mesmo que olhe com prudência para o ano em curso “por causa de um conjuntura macroeconômica internacional ainda difícil, tensões políticas em certas regiões e dificuldades com nosso parceiro na China”.
 
Neste país estratégico, a Geox é distribuída por meio de lojas sob gestão direta nas cidades de Xangai e Pequim, com uma rede que dá bons resultados (100 aberturas sob gestão direta são previstas no término do plano industrial). Por outro lado, no que respeita as outras províncias, a marca é comercializada por um parceiro, que não respeitou os termos do contrato em termos de encomendas e de investimentos, o que levou a Geox a romper o acordo e a encontrar-se hoje em busca de um novo parceiro.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.