×
Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
7 de set. de 2017
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Facebook dá novo passo em direção à monetização do WhatsApp

Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
7 de set. de 2017

O Facebook está se preparando para ganhar dinheiro com o WhatsApp, o serviço de mensagens usado por mais de um bilhão de pessoas diariamente, informou o Wall Street Journal na terça-feira (5).



"Estamos criando e testando novas ferramentas através de um aplicativo gratuito, o WhatsApp Business, para pequenas empresas e uma solução empresarial para empresas maiores que operam em larga escala com uma base global de clientes, como companhias aéreas, sites de comércio eletrônico e bancos", informou a empresa.

O WhatsApp já iniciou um programa piloto que deve apresentar um emblema verde ao lado de um contato comercial, indicando que o negócio foi verificado pelo serviço de mensagens.

"Nós pretendemos cobrar as empresas no futuro", disse o diretor de operações, Matt Idema, ao Wall Street Journal.

A Reuters informou em março que uma potencial fonte de receita para o WhatsApp seria cobrar empresas que desejassem entrar em contato com clientes.

Criado em 2009, o WhatsApp foi adquirido pelo Facebook em 2014 por 22 bilhões de dólares. Enquanto o WhatsApp tinha pouca receita no momento da venda, o preço de compra era ligeiramente superior ao valor de mercado da Sony.

O Facebook não se concentrou no WhatsApp até agora. A rede social começou a exibir anúncios dentro de seu aplicativo Messenger em julho para monetizar o serviço de bate-papo.

Idema não falou sobre os recursos pagos, nem quis informar quando vão estrear. ”Nós ainda não definimos os detalhes da monetização", disse ele ao Wall Street Journal.

© Thomson Reuters 2022 Todos os direitos reservados.

Tags :
Na mídia