×
Publicado em
7 de abr. de 2017
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Emilio Pucci confirma a saída de Massimo Giorgetti

Publicado em
7 de abr. de 2017

Aparentemente Massimo Giorgetti não era a pessoa certa para a Emilio Pucci. Após dois anos, o jovem designer esta saindo de cena. Em uma breve declaração, a famosa marca florentina do grupo LVMH anunciou que a separação foi de mútuo consentimento e entraria em vigor em abril, como antecipado pela FashionNetwork há poucos dias.


Massimo Giorgetti durante seu último desfile para Emilio Pucci em fevereiro em Milão - PixelFormula



O designer de 40 anos cresceu em San Mauro Pascoli, perto de Ramini, entre o atelier de bordado de seus pais e o laboratório têxtil de seu tio. Como diretor de sua própria marca contemporânea de prêt-à-porter, MSGM, lançada em 2009, Giorgetti disse em comunicado: “Hoje minha marca precisa cada vez mais da minha atenção e de toda a minha energia.”

A MSMG é influenciada pelo sportswear causal e conhecida principalmente por suas estampas. A marca tem tido um crescimento exponencial nas vendas, atingindo 45 milhões de euros, quase tanto quanto Emilio Pucci, estimado em cerca de 47 milhões de euros. Desde 2013 a MSMG abriu sete lojas próprias e é distribuída em mais de 400 multimarcas em todo o mundo.
Massimo Giorgetti foi recrutado pela Emilio Pucci em 2015 para suceder a Peter Dundas, que partiu para a Roberto Cavalli. Em algumas temporadas o designer foi capaz de rejuvenecer a imagem da marca, dando um toque mais moderno. Mas parece que ele não conseguiu consolidar esse novo posicionamento, visto que as últimas coleções não convenceram totalmente os compradores.
De acordo com algumas fontes, Emilio Pucci já começou a estudar o mercado para encontrar seu novo designer.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.