×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
25 de jun. de 2017
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Dior Homme: a “Pós-inocência” segundo Kris Van Assche

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
25 de jun. de 2017

Kris Van Assche comemorou seu 10º aniversário como diretor criativo da Dior Homme com uma coleção altamente comercial, mas afiada como sempre, que enalteceu seu próprio atelier de moda masculina em Paris. Este foi o primeiro desfile masculino da marca desde que a LVMH anunciou, em abril, um plano de aquisição por 6,5 bilhões de euros. 
 

Dior Homme Dior Homme Dior Homme - Dior Homme

O endereço do atelier de Van Assche, situado no número 3 da rue Marignan, pôde ser percebido em cada detalhe, nos revestimentos dos casacos de lã fina, impresso como tatuagens nas bordas, de forma ainda mais extravagante, em fitas justapostas em um casaco.

Para a primavera de 2018, Van Assche imagina um homem de terno com um toque diferenciado. Assim, para as noites mais formais, ele sugere mini smokings com corte em viés, e para as festas, blusas com estampas de orquídeas ou imagens de homens mascarados em cor ferrugem. O desfile misturou o estilo das ruas com o tradicional chic masculino, e teve a maioria dos modelos usando jóias góticas.

O estilista belga mostrou suas habilidades em alfaiataria com ternos pretos com pesponto branco. Tudo combinado com tênis incríveis, e destaque especial para os modelos inspirados em calçados de boxe com fivelas em couro rocker.

Intitulado "Late Night Paris", o convite do desfile também apareceu na coleção, em camisetas e blusas de lã.  A passarela era um gramado.

"É a lembrança da primeira vez que você passou a noite toda fora curtindo. O céu é o limite e você está pronto para se apaixonar.  Você percebe que as roupas vão fazer a diferença, pelo menos para seduzir e agradar. É a pós-inocência", disse o designer, posando para fotos entre meia dúzia de modelos.
 
"Este ano é o 70º aniversário da Dior, mas também é meu 10º aniversário na marca. Então, quis celebrar fazendo uma pequena homenagem ao meu atelier e minha equipe", disse Van Assche, que apresentou seu primeiro desfile há uma década, sendo sucessor de Hedi Slimane.

Esse é um longo reinado no mundo frenético da moda de hoje. E bem-sucedido, considerando que hoje a Dior Homme possui 60 lojas independentes e estimativas de vendas anuais superiores a 200 milhões de euros.

O desfile foi apresentado no Grand Palais com uma segurança considerável. A família Arnault estava em peso. Este foi o primeiro desfile desde que a Dior anunciou uma complicada manobra financeira, que terá a Christian Dior Couture sendo controlada com exclusividade pela LVMH.

O CEO da marca Sidney Toledano, não fez qualquer comentário sobre a operação, embora tenha manifestado rapidamente que a nova estrutura "não terá mudanças operacionais dentro da Dior".
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.