×
Por
Europa Press
Publicado em
7 de fev. de 2015
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Desigual se renova e encanta com uma sorridente Chantelle Winnie

Por
Europa Press
Publicado em
7 de fev. de 2015

Madri (TRENDSmérica) – Desigual abriu na última sexta-feira (06) a jornada de desfiles do Mercedes-Benz Fashion Week Madrid, iniciando assim a 61ª edição dos desfiles que já receberam mais de 300 criadores nos seus 30 anos de passarela.

Pela segunda vez a empresa catalã abre o MBFWMadrid e a sua estrela principal foi a modelo Chantelle Winnie.

A canadense Chantelle Winnie desfilando para Desigual.


Uma modelo que utilizou o seu sorriso cativador, ensinando-nos a beleza das diferenças. Ainda que o vitiligo marque sua pele, não afeta seu desejo de pisar na passarela, rompendo desta forma os cânones de beleza.

A canadense de 20 anos empresta a sua imagem mais uma vez à Desigual, em um desfile no qual a empresa fez-se notar mais madura, renovada e muita mais próxima a todo tipo de mulher.

Jovial e alegre, a Desigual ensinou uma coleção que não deixa esquecida nenhuma idade na sua proposta para a temporada Outono-Invierno 2015.

A sua coleção nômade reinventa a marca com looks muito mais cômodos e com menos estampado gráfico.


Acolchoados, franjas, denins, novos entrecruzados e sobreposições ‘oversize’ e paillettes que deram ao DNA de Desigual um frescor reinventado.

A alegria de Desigual também foi transportada à música de vários artistas que embalaram o desfile como Major Lazer feat Amber Coffman e Taylor SwifT, que fez o carrossel da Desigual balançar ao som de 'Shake it Off'.

Na linha de frente da Desigual estiveram presentes personalidades espanholas como Inma Cuesta, Samantha Vallejo-Nájera, Malena Costa, Cristina Pedroche e o ator Jesús Olmedo.

Imagens: Facebook | Desigual

Copyright © 2022 Europa Press. Está expressamente proibida a redistribuição e a retransmissão do todo ou parte dos conteúdos aqui apresentados sem o prévio e expresso consentimento.