×
892
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Arezzo&Co abre 27 lojas no segundo tri, mas lucro cai 5,4%

Publicado em
today 3 de ago de 2016
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A marca de calçados Arezzo registra um lucro 5,4% menor no segundo trimestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo reportou a empresa. Ao todo, a companhia apresentou um lucro de R$ 30,2 milhões no período.

A marca de calçados e acessórios não conseguiu segurar resultados positivos no segundo trimestre e registra lucro de R$ 30,2 milhões. - Foto: Douglas Luccena / Grupo Padrão


A queda foi registrada mesmo após um aumento de 3,6% nas vendas líquidas da companhia, que registraram R$ 285,4 milhões. No período, a companhia inaugurou 29 franquias e fechou duas lojas próprias – o que dá uma abertura líquida de 27 operações.

O lucro bruto da empresa somou R$ 132,1 milhões, uma margem bruta de 44,7%, com crescimento de 9,6% na comparação com o mesmo trimestre de 2015.

As marcas tiveram desempenho positivo nas datas comemorativas do trimestre. Além disso, no início do período de promoção, na segunda quinzena de junho, observou-se aumento da participação dos produtos vendidos sem desconto, fechando a coleção de inverno com reduzido nível de sobras em relação ao ano anterior, portanto, afetando positivamente o mark-up médio da rede.

Entre as marcas do grupo, a Arezzo alcançou R$189,2 milhões em receita bruta, um crescimento de 5,7%, representando 56,5% das vendas domésticas.

"Vale lembrar que a marca continua com elevada frequência de suprimento de novas coleções nas lojas, permitindo maior reação dentro da temporada baseada em leitura de sell-out, aumentando a assertividade dos produtos e incrementando a margem bruta da rede de lojas monomarca através de um maior mark-up médio e menos sobras ao final das coleções", afirmou a empresa em relatório.

O canal web commerce da marca alcançou no trimestre 5,5% de representatividade do faturamento da marca no mercado interno ante 3,7% no primeiro trimestre. Além disso, nesse trimestre foi inaugurada a nova loja flagship da marca no shopping Iguatemi São Paulo, com ampliação de área e novo projeto arquitetônico.

A marca Schutz representou 35,3% no faturamento do mercado interno da Companhia, somando R$118,4 milhões de receita bruta, uma queda de 6,1%. Nos Estados Unidos, a marca apresentou novamente forte crescimento, sendo que em abril foi inaugurada uma loja flagship permanente em Berverly Hills.

A marca Anacapri, por sua vez, atingiu receita de R$ 23,6 milhões, uma redução de 5,7%. A marca expandiu sua penetração do mercado, encerrando o semestre com 7,3% de representatividade do faturamento no mercado interno da companhia. Além disso, 5,3% das vendas da marca foram realizadas através da loja online.

A marca Alexandre Birman dobrou o nível de faturamento no segundo trimestre. "A marca vem reforçando seu posicionamento através de iniciativas direcionadas para seu público consumidor, formando parcerias com as principais lojas de departamento nos EUA, resultando em 'celebrity endorsements' importantes para a marca", disse a empresa.

A marca Fiever, por sua vez, continua com desempenho crescente, tanto em sua loja quanto com o início da 3ª fase do projeto com a inauguração do canal Multimarcas na Francal, onde foram vendidos produtos para mais de 140 lojas.

A empresa fechou o trimestre com 537 lojas monomarca no Brasil e sete no exterior, sendo no Brasil 380 da marca Arezzo, 78 da marca Schutz, 76 da marca Anacapri, duas da marca Alexandre Birman e uma da marca Fiever.

Fonte: Portal NoVarejo

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.