×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
3 de dez. de 2021
Tempo de leitura
6 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Zegna divulga novo logotipo e lança a Zegna Outdoor Capsule Collection

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
3 de dez. de 2021

Apesar de estar celebrando seu 111.º aniversário, Zegna mostra ser uma marca sempre em evolução, agora com o lançamento da nova coleção Zegna Outdoor Capsule Collection e de um novo logotipo, revelados na sexta-feira (3 de dezembro). A dupla mudança acontece no mesmo mês em que a sua empresa-mãe, Ermenegildo Zegna Group, começa a ser cotada na Bolsa de Nova York –  encerrando em queda (1,34%), na quarta-feira (1), com o anúncio de um primeiro caso da variante Ómicron nos EUA.


Looks da nova Zegna Outdoor Capsule Collection - Foto: Cortesia da Zegna - Photo: Courtesy of Zegna


Concebido pelo diretor criativo da Zegna, Alessandro Sartori, o novo logotipo de todas as coleções-cápsula chega ao coração do DNA da marca, misturando tecnologia com artesanato; e injetando qualidade uber com estilo elegante.
 
A nova cápsula remete para as próprias origens da maison, fundada pelo empresário Ermenegildo Zegna aos 18 anos, em 1910. Este é o nome como a maison era conhecida desde a Segunda Guerra Mundial. A partir de agora, a marca será rotulada como simplesmente Zegna; e ganhará novas embalagens.

"Era muito importante ir a uma marca e a um logotipo novos. Remover 'Ermenegildo' e ir a um nome tornou tudo isto mais coerente. Desta forma, tudo se liga de novo a esta nova declaração da Zegna. Onde o vestuário de lazer de luxo e roupa esportiva de alto desempenho estão no centro da nossa oferta", explicou Sartori via Zoom a partir do seu estúdio de design em Milão.
 
Em termos de negócios, apesar do surto de COVID-19, a Zegna está certamente de saúde rudimentar. Numa primeira metade de 2021, a Ermenegildo Zegna viu as vendas dispararem 49,9% para 603 milhões de euros, uma vez que a empresa voltou a ter lucro com um rendimento líquido de 32 milhões de euros. Nesta queda, Zegna está a angariar cerca de 880 dólares (cerca de 778,77 euros) da venda de ações na sua cotação de Wall Street, que avalia o grupo em 3,2 bilhões de dólares (2,83 bilhões de euros) e ainda vai deixar a família com uma participação de 62%.
 
Historicamente, esta maison passou por várias mudanças de nome. Nos anos 30 era conhecida como Fratelli Zegna di Angelo, antes de se tornar Ermenegildo Zegna, quando uma nova geração tomou posse. Agora, com o CEO Gildo Zegna fazendo parte de uma terceira geração de herdeiros; e com uma quarta geração a subir nas fileiras, a maison foi renomeada como apenas Zegna, o que faz o logotipo parecer mais nítido, mais rápido e mais fácil de lembrar.


Calçado da nova Zegna Outdoor Capsule Collection - Foto: Cortesia da Zegna - Photo: Courtesy of Zegna


Na sexta-feira, Alessandro Sartori desbravou também novo terreno ao lançar a ousada e nova Zegna Outdoor Capsule Collection – um encontro sofisticado entre o equipamento de esqui de alta altitude; looks elegantes para finais de semana no campo; e roupa chique de inverno para ser vivida no seio da cidade.

"Para nós era muito importante trabalhar com tecidos mais leves e frescos. Queria oferecer estas qualidades técnicas e elevar o ofício da Zegna. Com tecidos de alto rendimento usados em roupas de esqui; ou caxemira pura num blusão de plumas de inverno; ou casacos de capuz criados com tecidos de 12 mícrons", acrescentou Sartori.
 
Quase todos os looks contêm inovações técnicas. Normalmente, as roupas de desporto, para ski e caminhadas são feitas de nylon, mas a Zegna foi capaz de usar caxemira ou vicunha para elaborar o seu conceito. Além disso, a maison desenvolveu novas camadas interiores ultraleves de ligação, provenientes de fontes regenerativas, para que não se sinta que existe uma membrana no interior. O acolchoado é feito de tecidos reciclados ou de segunda geração.
 
O encontro entre a tecnologia e os materiais topo de gama remonta à política de Ermenegildo, iniciada nos anos 20, com base na compra dos melhores fios provenientes de latitudes tão distantes como a Mongólia e África do Sul. Ou à política de investir em maquinaria inglesa moderna, ajudando a ganhar a reputação da maison como fornecedor único de tecidos raros, algo que nunca perdeu.
 
Nascido nos Alpes Biellese, entre o Piemonte e Vale de Aosta, o empreendedor Ermenegildo Zenha tinha uma mente ecológica décadas antes de o termo ter sido inventado. Mandou construir a estrada 232, que vai da sua cidade natal Trivero até Biella, a cidade mais importante do mundo para a produção de tecidos de seda – uma rota que se contorna as altas montanhas. E aí adquiriu gradualmente uma imensa reserva natural, conhecida como Oasi Zegna, nada mais nada menos do que 100 quilômetros quadrados estendidos a múltiplas montanhas e vales onde plantou mais de 500.000 pinheiros alpinos e outras espécies.


Looks da nova Zegna Outdoor Capsule Collection - Foto: Cortesia da Zegna - Photo: Courtesy of Zegna


Ale (Alessandro Sartori), como a maioria das pessoas sabe, esquia desde criança e atinge regularmente as encostas na vizinha Courmayeur. Mas também levou consigo a sua equipe criativa para fazer caminhadas pelo parque natural Oasi Zegna, uma experiência que ecoou num grande lookbook e numa campanha publicitária para a cápsula. Um trabalho da autoria do grande fotógrafo sul-africano Koto Bolofo, cujo trabalho tem agraciado a Vogue, Vanity Fair, The New York Times e Numéro, e que tem assinado campanhas para nomes como Burberry, Hermès e Louis Vuitton.
 
"É uma sessão espantosa, mais feita com uma inclinação editorial do que uma produção clássica. Koto é muito vivo, e deambulamos pela neve à procura de ângulos e vistas especiais. Acordamos às 5 da manhã para estar no topo da montanha às 7 da tarde! A campanha realizou-se aquando do último nevão da estação de abril, principalmente em Oasi Zegna", disse Sartori entusiasmado.
 
Nestes últimos meses, a Zegna também tem estado ocupada com colaborações complementares, observadas em múltiplos elementos engenhosos da campanha. Com a Kask, a Zegna concebeu uma nova versão personalizada do icônico capacete de ski Piuma-R em preto e vicunha canela; com a Zai, esquis pretos de alto desempenho; com La Sportiva de Trento (capital da província de Trentino nos alpes italianos), estabeleceu uma parceria para fazer tênis de corrida / treino e de alpinismo ultra respiráveis; enquanto que com a Sigg criou uma garrafa de alumínio preto.


Alessandro Sartori, diretor criativo da Zegna - DR


Além disso, a Zegna tem estado ocupada com a abertura de novas lojas, nomeadamente em Boston e Nova York, construídas com um novo sistema modular, permitindo uma grande flexibilidade em termos de escolha de coleções e sazonalidade. Em Nova York, a Zegna revelou recentemente o Zegna Lab, um espaço dinâmico na rua Lafayette com coleções de edição limitada e experiências imersivas onde os clientes podem tocar vinis vintage, selecionados pelo próprio Sartori. Espaços importantes para esta nova cápsula, que é concebida como multiuso.
 
"Não se trata apenas de esquiar, mas também de caminhar – e de se misturar ao estilo da cidade. Localizamos esta coleção no lazer de luxo onde tudo é feito com materiais de muito alta qualidade, enquanto trabalhamos os nossos cartões de cores chave – branco, cinza e vicunha", explicou Ale Sartori.
 
Zegna irá desfilar na sexta-feira (14 de janeiro), em Milão, dia de abertura da temporada da moda masculina italiana.
 
Enquanto a coleção-cápsula Zegna Outdoor é lançada em todo o mundo na sexta-feira, abarcando cerca de 30 flagships, incluindo as de Lisboa, Milão, Moscovo, Nova York e Xangai; no comércio atacadista, incluindo uma série de pop-ins e pop-ups; e no comércio eletrônico, nomeadamente na China com as plataformas Tencent e e-Mall.

 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.