Yoox vai lançar marca própria gerada por dados

Yoox, o portal de vendas dedicado à venda de moda de luxo e alta gama, lançará a sua própria marca nos próximos dias. Um anúncio feito a 9 de outubro por Federico Marchetti, CEO da Yoox Net-a-Porter (YNAP) na conferência londrina Wired Smarter. Se inicialmente tinha como particularidade vender as marcas de luxo, e em particular as antigas coleções, o site italiano transforma-se agora em criador de marca.


Federico Marchetti em 9 de outubro durante a conferência Wired Smarter em Londres - Wired Smarter

Embora o nome da futura marca não tenha sido revelado pelo fundador e líder, que lidera desde abril o conselho de transição, após a ascensão da Richemont a 100% do capital, foi no entanto anunciado que as coleções serão em parte geradas a partir dos dados acumulados ao longo dos anos pela YNAP. Um design baseado nos gostos e expectativas dos clientes do portal Yoox que, adverte Federico Marchetti, não deixará, no entanto, de passar pelas mãos da equipe criativa do site. A crer no perfil dos recrutamentos internos para estabelecer o estúdio, o lançamento iminente poderá dizer respeito tanto à moda quanto aos acessórios, femininos e masculinos.

Esta não será a primeira incursão do grupo no domínio das marcas próprias. A Mr Porter, a versão masculina do portal Net-a-Porter, com o qual a italiana se fundiu em 2015, lançou a sua marca própria no final de 2017.

A opção de recorrer a big data também não é novidade, visto que há muito tempo a empresa apresenta os seus dados para seduzir as marcas. Dados estes que mostram que nos 9,5 milhões de pedidos feitos nos portais do grupo YNAP em 2017, o valor médio dos cestos de compras foi de 328 euros, de um público de 3,1 milhões de consumidores ativos, em comparação com 2,9 milhões no ano anterior.

Agora totalmente adquirida pelo grupo Richemont, a Yoox Net-a-Porter teve um exercício recorde em 2017, com 2,1 bilhões de euros em vendas (+16,9%), gerando um EBITDA de 169,2 milhões de euros, contra 155,7 milhões no ano anterior. O grupo planeja investir de 170 a 180 milhões de euros no exercício em curso.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Luxo - DiversosNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER