×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
21 de jun de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Y/Project: desconstrução, reconstrução, revolução

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
21 de jun de 2018

Foi no florido Jardim Botânico da Faculdade de Farmácia de Paris, que Glenn Martens organizou o seu desfile na quarta-feira (20). Deixando de lado os volumes crescentes das coleções anteriores, para a primavera-verão de 2019, o criador da Y/Project se concentrou em uma peça de vestuário que pode mudar radicalmente a silhueta de qualquer conforme a sua vontade.


Y/Project e sua nova peça - © PixelFormula


Ele criou uma “roupa extra" de náilon que pode ser usada como uma segunda pele, envolvendo o corpo por cima de jaqueta, mangas, calças, blusas esportivas e até sobretudos. Ela pode ser usada da forma que o usuário desejar, cobrindo tudo ou apenas uma parte de seu corpo e roupas, pois o material pode ser plissado e enrugado para esculpir a própria silhueta.

Sobreposta na parte superior de um casaco de couro, esta peça de vestuário de nylon parece uma jaqueta. Alternativamente, elas mostra apenas o tecido da parte inferior de uma jaqueta, ou  então molda um terno marrom, como se estivesse imerso em chocolate derretido. Ela cria pregas e efeitos drapeados, envolvendo as roupas como uma capa protetora.

Outras propostas da Y/Project foram o efeito trompe-l'oeil e o dois em um, especialmente em jeans. Cortados e combinados com outra peça jeans, as calças assumem volumes inesperados e parecem ceder, ou são usadas ​​com cintura baixa e do avesso. Outros modelos azuis foram cortados na articulação do quadril e combinados com denim preto ou branco, parecendo roupas de baixo usadas sobre calças.


Look Y/Project para o verão 2019 - © PixelFormula


Por fim, para esta temporada de moda masculina, a Y/Project deu grande ênfase às joias, com modelos exibindo brincos de diamantes e grandes correntes no pescoço. Desde que ganhou o prêmio ANDAM 2017, o designer da marca tem mostrado grande interesse em estender a sua linha de acessórios, como a de joias.

Estas, por sua vez, são criadas pela designer belga Stéphanie d'Heygère, formada pela Academia Real de Belas Artes de Antuérpia, assim como Glenn Martens. Stéphanie d'Heygère foi finalista do prêmio ANDAM 2018 na categoria de acessórios de moda.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.