×
Por
AFP
Publicado em
15 de fev. de 2017
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Vogue Paris coloca uma modelo transgênero em sua capa

Por
AFP
Publicado em
15 de fev. de 2017

Seguindo o caminho da Glamour nos fins de 2015, a Vogue Paris coloca numa capa uma manequim transexual, estreia para a revista francesa, a brasileira Valentina Sampaio, "estandarte glam de uma causa em marcha".

Vogue Paris


"Se Valentina foi confiada à capa da Vogue deste mês, além da evidência das suas qualidades plásticas e do brilho da sua personalidade, é que ela incorpora uma luta contra ela, secular e dolorosa, para nunca mais ser vista como uma 'exilada do gênero' ou uma criatura à parte", avalia Emmanuelle Alt em seu editorial.
 
Para a redatora-chefe da Vogue Paris, "no dia em que uma transexual posar para uma capa de uma revista não será enfim mais necessário escrever um editorial sobre o assunto, saberemos que a batalha está ganha".

Nos fins de dezembro, a revista americana National Geographic consagrou sua capa à "Revolução do gênero" com Avery Jackson, uma menina americana transgênero com a idade de 9 anos, Laverne Cox, uma das atrizes da série Orange Is the New Black havia sido "capa" da Time em junho de 2014.
 
Há algumas semanas, o grupo L'Oréal Paris escolheu a manequim e atriz transgênero Hari Nef, de 24 anos, como musa da sua última base para uma campanha de publicidade mundial.
 
Em outubro de 2015, a manequim transgênero americana Caitlyn Jenner, antigo atleta masculino de decathlon antes de uma mudança de sexo, foi eleita a mulher do ano pela revista Glamour US.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.