Versace: uma moda fluorescente deliciosamente funky

Eis aquilo a que se chama um grande desfile Versace. Como tem feito há várias temporadas, Donatella organizou o seu desfile no centro de exposições em Milão, a Fiera, uma sala gigantesca decorada com um enorme tapete com as cores da coleção. Uma coleção usada pelo elenco de modelos mais dispendioso da semana da moda milanesa.


Ver o desfile
Versace - primavera-verão 2019 - Moda Feminina- Milão - © PixelFormula

Música ritmada, luzes cintilantes, pernas infinitas, um elenco impressionante e uma mistura soberba de roupas ousadas e atrevidas. Silhuetas cheias de fantasia - casacos esculpidos, blazers poderosos e fantásticos vestidos curtos em patchwork.
 
Gigi Hadid numa saia de python cortada na lateral, um top preto justo e um casaco cor de mostarda brilhante, com o braço envolvendo uma bolsa de viagem de couro acolchoado. Imaan Hammam exibindo-se em calças de caxemira hiper pastel. E a veterana Shalom Harlow, que fechou o desfile sob uma tempestade de aplausos num vestido de tule floral.
 
"Os poderes místicos da Medusa e a sua personalidade nunca foram tão poderosos", explica Donatella no seu programa.

Toda a coleção esteve carregada com aquilo que Donatella descreve como sobreposições de gaze impressa - tules transparentes utilizados em numerosas peças. Os tecidos principais, no entanto, foram os padrões florais quase abstratos, densos e marmoreados, cortados em patchwork em vestidos de noite de cortes muito anatómicos, acompanhados por collants e coletes impressos transparentes. O resultado foi um look rock e boêmio, que capta a nova atmosfera otimista que reina na casa Versace.
 
Donatella também lançou uma nova bolsa, a Conglobo, inspirada nas malas de viagem vintage, que reflete o espírito global da coleção e da marca. Ao longo do desfile, vimos bolsas revisitadas, com impressões escocesas dinâmicas e bordados em cores vivas.

A casa também reuniu um número impressionante de influenciadores na primeira fila, todos vestidos com os estampados e tartans da última temporada, um pano de fundo inteligente para a nova coleção.
 
Numerosas silhuetas foram usadas com sapatos volumosos - mas, a maioria das modelos desfilou em saltos altos e sandálias com tiras largas. Confeccionados nas mesmas cores que a pulseira de convite que os convidados usavam orgulhosamente no pulso.

Apoiado por uma trilha sonora ritmada - com um excelente remix de Queen Of This Shit pelo rapper transgênero Quay Dash, nascido no Bronx - este foi um desfile poderoso. Concluído por uma ovação impressionante - ainda que a criadora italiana tenha se eclipsado imediatamente após o desfile, cercada pelos seus guarda-costas.

Donatella talvez pudesse considerar uma abordagem mais intimista na próxima temporada - também vimos muito do interior da Fiera de Milão -, mas este desfile foi indiscutivelmente uma grande vitória para a Versace.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirLuxo - Pronto-a-vestirLuxo - AcessóriosLuxo - CalçadosDesfiles
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER