Versace continuará produzindo na Itália

Graças aos investimentos da Capri Holding (ex-Michael Kors Holding Limited), a empresa americana que é a nova proprietária da marca italiana, a Versace poderá criar novos empregos na Itália e garantir uma gama de produtos Made in Italy, declarou Donatella Versace.


Donatella Versace - Instagram/Donatella Versace

"Eu vou ficar aqui, estou com as mãos e os pés amarrados. A Holding quer absolutamente o nosso know-how italiano”, disse Donatella Versace, em entrevista ao jornal italiano Stampa, ao falar sobre a decisão de vender a sua empresa. 

"A Versace é uma grande marca icônica com uma história única, conhecida em todo o mundo. Mas, para permanecer assim, quando não estiver mais lá será necessário mais investimento. Hoje, as coisas mudaram para as empresas familiares. O mundo mudou, e existe a tecnologia e grandes grupos como LVMH e Kering”, disse Donatella.

“A moda pode ser um pólo de atração para os jovens que buscam um futuro em nosso país. A Versace criará novos empregos, e nós continuaremos produzindo tudo aqui, incluindo camisetas. O Made in Italy é um valor extremamente importante que oferece enormes perspectivas de crescimento”, comentou a designer.

No dia 25 de setembro foi confirmada a compra da grife fundada por Gianni Versace em 1978 pela Michael Kors, agora Capri Holdings, proprietária da marca homônima por 2,12 bilhões de dólares. Donatella continua sendo a diretora criativa da marca e detém junto com seu irmão Santo e sua filha Allegra participações minoritárias.

Traduzido por Novello Dariella

Moda - DiversosLuxo - DiversosNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER