×
908
Fashion Jobs
CAEDU
Gerente de Grupo Produto - Infantil
Efetivo - CLT · São Paulo
CAEDU
Supervisor de Vendas - Barueri
Efetivo - CLT · Barueri
STUDIO Z
Coordenador de Planejamento Comercial
Efetivo - CLT · FLORIANÓPOLIS
GRUPO MEIA SOLA
Gerente de Marketing
Efetivo - CLT · FORTALEZA
GRUPO BOTICARIO
Executivo de Vendas ii (São Paulo)
Efetivo - CLT · São Paulo
LULITEX COM IMP EXP LTDA
Auxiliar Comercial
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas Pleno - Treinamento e Desenvolvimento
Efetivo - CLT · Guaramirim
GRUPO LUNELLI
Analista de Gestão de Pessoas - Assistente Social
Efetivo - CLT · Guaramirim
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Lojas - Quem Disse, Berenice?
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
CAMICADO
Supervisor de Vendas e Operação de Loja - Brasília
Efetivo - CLT · Brasília
RENNER
Encarregado de Logistica E-Commerce
Efetivo - CLT · Rio de Janeiro
GRUPO BOTICARIO
Supervisor(a) de Lojas - o Boticário
Efetivo - CLT · Belo Horizonte
GRUPO BOTICARIO
Product Owner E-Comm
Efetivo - CLT · Curitiba
IBRANDS
Líder de Logística
Efetivo - CLT · SÃO PAULO
GRUPO BOTICARIO
Analista Gestão de Riscos Csc pl
Efetivo - CLT · Curitiba
AVON
Comprador Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
AVON
Comprador Sênior
Efetivo - CLT · São Paulo
RENNER
Supervisor de Vendas| Sobral Shopping - ce
Efetivo - CLT · Sobral
RENNER
Supervisor de Vendas | Rio Verde
Efetivo - CLT · Rio Verde
RENNER
Supervisor de Vendas| Imperial Shopping - Imperatriz ma
Efetivo - CLT · Imperatriz
RENNER
Supervisor de Vendas| Shopping Golden Calhau - São Luís
Efetivo - CLT · São Luís
RENNER
Supervisor de Vendas| São Luís Shopping
Efetivo - CLT · São Luís

Vendas da Natura & Co crescem no terceiro trimestre

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 14 de nov de 2019
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A empresa brasileira de cosméticos, Natura & Co, anunciou que registrou crescimento na receita no terceiro trimestre, com bons resultados em suas três marcas (Natura, The Body Shop e Aesop). A companhia, que está em processo de aquisição da Avon, está se tornando um dos mais importantes nomes internacionais em beleza natural, com uma estratégia de aquisição que está fazendo suas vendas alcançarem níveis recordes.

Natura


Na noite de quarta-feira (13), a empresa anunciou que sua receita líquida consolidada atingiu 3,5 bilhões de reais no terceiro trimestre, um aumento de 7,2% em relação ao mesmo período do ano passado. O Ebitda ajustado foi de 459,3 milhões de reais, com margem de 13,2% e o lucro líquido foi de 68,6 milhões, ambos impactados por fatores como investimentos em marketing e digitalização, bem como custos não recorrentes relacionados à Avon de 36,5 milhões de reais líquidos em imposto de renda.

A receita líquida ajustada da marca Natura aumentou 8,1% (+13.2% em moeda constante), sendo +7,2% no Brasil, com ganho contínuo de participação de mercado, mesmo diante do fraco desempenho do segmento de cosméticos, higiene pessoal e perfumaria (CFT) e da forte base de comparação. "Houve forte crescimento em todos os canais, explicado pelas categorias-chave e lançamentos estratégicos”, disse a Natura. 

Na América Latina, a receita líquida ajustada da Natura cresceu 10,2% em reais (+28,8% em moeda constante), impulsionada pelo aumento de volume, expansão da base de consultoras e aumento da produtividade, bem como a aceleração das vendas na Argentina.

A Natura ressaltou que a produtividade aumentou pelo 12º trimestre consecutivo; sua plataforma digital já possui 860.000 usuários no Brasil e as vendas eletrônicas cresceram dois dígitos. No terceiro trimestre, a marca inaugurou seis lojas próprias, totalizando 49 no Brasil, e 50 franquias, totalizando pouco mais de 300.

A The Body Shop "continuou progredindo em seu plano de transformação" e registrou aumento de 1,1% na receita líquida, ou 3,8% à taxa de câmbio constante, devido ao aumento das vendas no Reino Unido, APAC e LATAM, franquias e venda direta. Excluindo o impacto dos protestos em Hong Kong, o crescimento teria atingido 6,4%. As vendas comparáveis ​​em lojas próprias cresceram 3,1% no Reino Unido, mas o Ebitda ajustado de 69 milhões de reais com margem de 7,4% "refletiu o impacto dos acontecimentos em Hong Kong”. A marca fechou 95 lojas no trimestre e encerrou o período com 1.006 lojas próprias e 1.857 franqueadas.
 
Quanto à marca Aesop, esta também encerrou "mais um trimestre de crescimento sólido”, com crescimento de 10,8% na receita líquida, ou 10,2% à taxa de câmbio constante. O crescimento das vendas comparáveis no varejo ​​foi de 9,0%. No trimestre, a marca abriu quatro lojas, totalizando 240 unidades.

O presidente executivo do Conselho de Administração de Natura &Co, Roberto Marques, disse que o grupo registrou um "notável desempenho de vendas, acima das expectativas de mercado”. "Todos os nossos negócios e marcas contribuíram positivamente para o resultado, apesar do cenário desfavorável em mercados como Brasil, onde a Natura continuou a ganhar participação de mercado, e Hong Kong, que impactou a The Body Shop e a Aesop”, declarou Marques em comunicado.
 
No último trimestre, a Natura comemorou 50 anos e ingressou em um novo país, a Malásia, aproveitando o conhecimento do mercado da The Body Shop. A marca britânica também se juntou à Natura na obtenção da certificação B-Corp e inaugurou seu novo conceito de loja em Londres, "recuperando sua herança ativista". A Aesop, por sua vez, continuou sua expansão e intensificou sua abordagem sustentável.
 
Por fim, o grupo também anunciou que tomou medidas importantes para concluir a "aquisição transformadora" da Avon Products. A conclusão é esperada para o primeiro trimestre de 2020 e está sujeita ao cumprimento de outras condições precedentes, inclusive a aprovação de autoridades de defesa da concorrência em outras jurisdições.
 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.