×
Por
Reuters
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
23 de abr de 2021
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Vendas da Moncler sobem 21% no primeiro trimestre, refletindo a recuperação do setor

Por
Reuters
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
23 de abr de 2021

A Moncler divulgou na quinta-feira (22) um aumento de 21% nas vendas trimestrais, a taxas de câmbio constantes, superando ligeiramente as expectativas dos analistas graças ao forte crescimento na Ásia e aos sólidos sinais de recuperação na América do Norte.


Fotografia: Moncler


A marca italiana reportou no final de março um volume de negócios de 365,5 milhões de euros, sendo que os analistas previam 361 milhões de euros, de acordo com o consenso fornecido pela Refinitiv.
 
Apoiadas nomeadamente pela demanda na China e na Coreia, as vendas do grupo, conhecido pelos seus casacos de penas de alta gama, dispararam 53% na Ásia e aumentaram 34% no continente americano no primeiro trimestre. No entanto, elas permaneceram baixas na Itália e no resto da Europa.

O desempenho da Moncler no período se assemelha aos resultados publicados recentemente pelas suas concorrentes francesas LVMH, Kering e Hermès, com o setor de luxo vendo as suas vendas de vestuário e artigos de moda aumentarem novamente com o progresso das campanhas vacinação e a diminuição das restrições em algumas regiões do mundo.

© Thomson Reuters 2021 Todos os direitos reservados.