×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de jan. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Vendas da L’Occitane aumentam 9,5% no terceiro trimestre

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
28 de jan. de 2022

No terceiro trimestre de seu ano fiscal, encerrado em 31 de dezembro de 2021, as vendas do grupo francês de cosméticos L'Occitane atingiram 650 milhões de euros, um aumento de 9,5%. Nos primeiros nove meses do exercício, as vendas atingiram 1,37 bilhão de euros, um crescimento de 14,2%.


L'Occitane - DR


A principal marca do grupo, L'Occitane en Provence, registrou vendas de 1,08 bilhão de euros, um aumento de 14,8%, representando 81,4% das vendas totais da L'Occitane. No entanto, foi a Elemis que impulsionou a maior parte do crescimento da L'Occitane. Adquirida em 2019, a marca britânica de cuidados com a pele premium registrou um aumento de 35,9% nas vendas, para 163,1 milhões de euros. Os resultados da Elemis continuaram a ser impulsionados pela reabertura de spas e pontos de revenda, mas também pelo aumento das vendas online, nomeadamente no Reino Unido e nos Estados Unidos.

Por outro lado, as vendas da marca de beleza americana Limelife caíram 29,7% para 55,2 milhões de euros, impactadas principalmente por uma base de comparação desfavorável. As vendas de Melvita, Erborian e L'Occitane en Provence totalizaram 73,7 milhões, um aumento de 21,7%.

"À medida que entramos no último trimestre do ano fiscal de 2022, o forte desempenho de nossas principais marcas continua a impulsionar nossa lucratividade. A adição da Sol de Janeiro (marca de beleza americana na qual a L'Occitane adquiriu participação majoritária em novembro de 2021, nota do editor) ao nosso portfólio também será um acréscimo para nossos resultados e sustentará nosso crescimento no curto e médio prazo, além de acelerar ainda mais nossa transformação em um grupo multimarcas e geograficamente equilibrado", declarou André Hoffmann, CEO da L'Occitane.

Nos primeiros nove meses, as vendas da L'Occitane na China aumentaram 18,5%, para 248,7 milhões de euros, enquanto os Estados Unidos registraram um crescimento mais modesto de 5,2%, para 207,4 milhões de euros. Na França, as vendas do grupo totalizaram 75,4 milhões de euros, um aumento de 11,1%. Destaque também para o desempenho da Rússia, Brasil e Hong Kong, que apresentaram crescimentos de 28,1%, 40,7% e 25,7%, respectivamente.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.