×
879
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Valentino Cruise 2020: ecos distantes de uma festa italiana em Nova Iorque

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
today 24 de mai de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Pierpaolo Piccioli, diretor artístico da Valentino, levou o seu público de férias (romanas) para a apresentação da sua coleção Cruise 2020, revelada na noite de quarta-feira na villa James Buchanan Duke, em Nova Iorque.


Uma silhueta que parece ter saído diretamente da década de 1970, com estampado de girafa da cabeça aos pés - Instagram @maisonvalentino


O criador, oriundo de Roma, recriou um pouco de Itália nesta mansão construída no início do século passado, que agora abriga o departamento de Belas Artes da Universidade de Nova Iorque e que já foi usado anteriormente para mostrar criações de Pierpaolo Piccioli para a Valentino.
 
Longe de um desfile clássico, a apresentação da Valentino teve lugar no primeiro piso do edifício, entre torres de flores coloridas. As roupas eram adornadas com elegantes bordados, lantejoulas e plumas.

Tal como na anterior coleção cruise da Valentino, Pierpaolo Piccioli multiplicou referências aos anos 1970, como foi o caso dos enormes chapéus flexíveis de abas largas e lenços de cabeça coloridos usados pelas modelos.
 
A coleção incluiu também um boa quantidade de estampados de animais: padrões de chita e riscas de zebra decoravam botas e carteiras, enquanto o padrão de uma girafa, aqui revisitado em preto e branco, cobria uma silhueta completa, lenço e carteira incluídos.

A propósito da gala do Met, várias roupas faziam referência ao espírito "camp" (um estilo que mistura extravagância, subversão, humor, assertividade ...), numa coleção à qual não faltou audácia.

Além dos muitos estampados em "V" e joias esféricas em forma de serpente, o desfile evocou o passado glorioso de um jet set esquecido, bebendo champanhe no terraço de uma villa italiana.
 
Em abril passado, Stefano Sassi, CEO da Valentino, expressou a sua vontade de traduzir as raízes de alta costura da casa italiana numa moda apta para seduzir os jovens consumidores ultra conectados e muito conscientes das tendências - uma estratégia refletida pela variedade de roupas de espírito boémio contemporâneo proposta nesta coleção cruise.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.