×
Por
Agencia Brasil
Publicado em
28 de abr. de 2017
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Trump diz que EUA não sairão do Nafta, mas tratado terá de ser renegociado

Por
Agencia Brasil
Publicado em
28 de abr. de 2017

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na quinta-feira (27) que, por enquanto, o país não deixará o Nafta, o Acordo de Livre Comércio da América do Norte, mas que o tratado terá que ser renegociado. Trump afirmou que a renegociação do acordo deve começar imediatamente.


Trump disse que o Nafta foi um péssimo acordo para os Estados Unidos. “Foi muito bom para o Canadá, foi muito bom para o México, mas foi horrível para os Estados Unidos”. O presidente acrescentou que a renegociação “seria boa porque seria mais simples”. O Nafta existe desde 1994 e tem como membros Estados Unidos, Canadá e México. Durante sua campanha à presidência, Trump afirmou que o acordo gerou desemprego no país.

Ontem (26), o jornal Politico havia publicado que dois altos funcionários do governo haviam dito que a Casa Branca havia preparado um decreto executivo que seria lançado nos próximos dias para retirar os Estados Unidos do acordo. Porém, nessa quarta-feira a Casa Branca anunciou que Trump havia conversado com os presidentes do Canadá e do México e iria apenas renegociar o tratado.

Hoje, em uma mensagem no Twitter, o presidente disse que recebeu ligações dos presidentes dos países vizinhos pedindo para que o acordo fosse renegociado e não extinto. “Eu concordei, contanto que, caso não conseguíssemos chegar a um acordo justo para todos, nós aí sim iríamos acabar com o Nafta”, disse. Segundo o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, as mudanças que o presidente espera se referem a “desequilíbrios comerciais”.

Copyright © 2022 Agência Brasil. Todos os direitos reservados.