×

Tommy Hilfiger dá o último passo em direção a um design totalmente digital

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 12 de nov de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A marca norte-americana Tommy Hilfiger, que pertence ao grupo PVH Corp, anunciou que irá incorporar a tecnologia de design 3D em todas as suas equipes globais de design de vestuário em sua sede em Amsterdã, a etapa final no objetivo da marca de digitalizar sua cadeia de valor de ponta a ponta.



Tommy Hilfiger


Após o impulso tecnológico, a marca irá lançar uma coleção-cápsula desenhada, desenvolvida e vendida de forma totalmente digital no outono de 2020. Além disso, as coleções de roupas da Tommy Hilfiger para primavera de 2022 serão totalmente projetadas por meio de sua plataforma de design 3D .

Ao eliminar elementos do processo de design, como esboços e amostras físicas, o objetivo da produção digital da Tommy Hilfiger implica que uma grande parte dos produtos da marca existirão exclusivamente como desenhos em 3D até que sejam produzidos fisicamente para a passarela ou para venda.
 
Segundo os representantes de Tommy Hilfiger, os esforços digitais da marca oferecem várias vantagens, desde promover um processo de produção mais sustentável até economizar tempo e custos para a empresa. "O potencial do design 3D é ilimitado e nos permite atender às necessidades dos consumidores de maneira mais rápida e sustentável", disse Daniel Grieder, CEO da Tommy Hilfiger Global e da PVH Europe.
 
“A tecnologia se tornou uma ferramenta fundamental para o design de nossas coleções e tem o potencial de acelerar significativamente nossa velocidade de comercialização e substituir por completo a fotografia tradicional de produtos. Para a temporada de outono de 2020, as camisas masculinas serão 100% desenhadas em 3D e não exigirão produção de amostras; a diferença entre os modelos desenhados e apresentados historicamente será quase imperceptível. Este é o futuro”.
 
Para aproveitar o momento, Tommy Hilfiger fundou o "Stitch", um centro de tecnologia dedicado à digitalização das práticas de design da empresa. Até o momento, trabalhadores em mais de 50% das divisões de roupas localizadas na sede internacional da Tommy Hilfiger receberam treinamento em design 3D através da Stitch Academy.

No futuro, a marca planeja oferecer treinamento e especialização em design 3D a todas as suas equipes de produtos, incluindo designers, criadores de estampas, técnicos em ajuste, desenvolvedores de produtos e vendedores. Essa inovação digital ocorre após dois anos de programas piloto específicos que conectaram a plataforma de design 3D ao showroom digital da Tommy Hilfiger, lançado em 2015.

Tommy Hilfiger iniciou o que chamou de “3D design journey” em 2017 e, desde então, tem lançado inovações tecnológicas, como uma biblioteca digital de tecidos, estampas e cores; ferramentas de apresentação digital em 3D e tecnologia de renderização. Atualmente, a marca utiliza sua tecnologia de design 3D em 20 grupos de produtos, incluindo camisas pólo, loungewear, vestidos de malha e jeans, entre outros.

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.