×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
20 de mar. de 2019
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Tom Ford nomeado presidente do CFDA

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
20 de mar. de 2019

Após muitos rumores, Tom Ford foi finalmente nomeado novo presidente do CFDA, o conselho dos criadores de moda americanos, decisão que entra em vigor a 1 de janeiro de 2020. O CFDA anunciou que Tom Ford foi confirmado numa reunião do conselho nos escritórios do CFDA na terça-feira.


Tom Ford é a décima primeira pessoa a ocupar o cargo de presidente do CFDA - Photo: CFDA


A nomeação oficial de Tom Ford marca a saída da atual presidente do CFDA, Diane von Furstenberg, após 13 anos a liderar a organização ao lado do CEO do CFDA, Steven Kolb.
 
No seu trabalho com Steven Kolb, Diane von Furstenberg tem sido uma força de transformação para o crescimento da temporada nova-iorquina, permitindo-lhe posicionar-se de forma competitiva à altura das altamente respeitadas temporadas de Paris, Londres e Milão e cultivar o respeito pela comunidade da moda de Nova Iorque. Após a sua partida, Diane von Furstenberg deverá permanecer no conselho de administração do CFDA.

Com Tom Ford na liderança, as expectativas são altas, não apenas à luz daquilo que os seus antecessores alcançaram, mas também porque uma nova variedade de questões sócio-políticas começam a ter um impacto significativo na indústria da moda. Em particular, a sustentabilidade e a diversidade continuam a ser alguns dos tópicos importantes que o CFDA se comprometeu a abordar com relatórios e iniciativas recentes.

Numerosas tarefas esperam Tom Ford quando este assumir o cargo de presidente, começando com a organização da Semana da Moda de Nova Iorque, enquanto o CFDA continua a brincar com o calendário e circulam rumores, não confirmados, sobre uma possível mudança de localização para o The Shed em Hudson Yards.

Tom Ford torna-se, assim, a décima primeira pessoa a ocupar este cargo, juntando-se a Stan Herman (a quem Diane von Furstenberg sucedeu em 2006), Sydney Wragge, Norman Norell, Oscar de la Renta, Herbert Kasper, Bill Blass, Mary McFadden, Perry Ellis e Carolyne Roehm, que ocuparam anteriormente esta posição.
 
Além de ser um designer de moda premiado, Tom Ford demonstrou ser uma figura criativa de múltiplos talentos, sem esquecer o seu trabalho como realizador, roteirista e produtor.

A sua marca de luxo homónima foi lançada em 2005, começando com a moda masculina antes de se expandir para a moda feminina, acessórios, óculos, beleza, lingerie e relojoaria. Além da sua marca própria, Tom Ford foi no passado diretor criativo do grupo Gucci, onde desenhou para as casas de luxo Gucci e Yves Saint Laurent até 2004.
 
Tom Ford é membro do CFDA desde 2000 e ganhou sete CFDA Fashion Awards no total, tendo mais recentemente conquistado o prémio de Designer de Moda Masculina do Ano em 2015.
 
Esta nomeação acontece numa altura em que o CFDA anuncia os nomeados da edição 2019 dos CFDA Fashion Awards, cuja cerimónia se realiza no Brooklyn Museum a 3 de junho.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.