×

Tod's: Walter Chiapponi estreia na moda masculina

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
today 14 de jan de 2020
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

"Queria encontrar o buon gusto tipicamente italiano", explicou Walter Chiapponi, o novo diretor criativo da Tod's, depois de revelar as suas primeiras ideias para a marca.
 

Tod's - outono-inverno 2020 - Moda Masculina - Milão - Photo: FashionNetwork.com / Godfrey Deeny


Organizada na recriação de um bar de grande hotel da década de 1960, a apresentação do novo diretor criativo homenageou o classicismo moderno italiano, de Gio Ponti a Luchino Visconti.
 
"Comecei por estudar os arquivos desta casa tão especial, mas a minha maior inspiração nesta temporada é o signor Diego Della Valle [NR: CEO da Tod's], um homem de bom gosto que tem uma enorme coleção de arte e belos objetos”, confessou Walter Chiapponi, depois de apresentar os seus primeiros modelos diante de cerca de vinte jornalistas especializados em moda masculina.

Uma dezena de modelos posou no bar deste T Club com o doce aroma do passado, vestidos com o estilo chique e descontraído que geralmente é associado aos homens da península italiana. Concretamente, ficámos impressionados com o rigor dos volumes, a elegância das calças, uns jeans azul royal levemente deslavados (usados pelo próprio designer) e os cintos com fivelas em forma de T.
 
Também se destacavam os blusões em pele de cordeiro, os elegantes blazers azuis e um quarteto impecável de sobretudos. Por vezes elaborados em lã inglesa, outras em camurça bege, com remendos nos cotovelos... perfeitos para viajar ou fazer compras, na cidade ou no campo.
 
Numa palavra, Walter Chiapponi apresentou uma proposta muito convincente. Antes da Tod’s, o designer trabalhou na Bottega Veneta. No seu novo cargo, trabalhará em conjunto com outro antigo elemento da BV, o maestro do marketing Carlo Alberto Beretta, que também ingressou na Tod's em fevereiro passado, diretor-geral.

Desde a partida de Alessandra Facchinetti, em 2016, as coleções femininas da Tod’s foram desenhadas por um coletivo de criadores. A longo prazo, não é a melhor das ideias.
 
O verdadeiro batismo de fogo acontecerá em fevereiro, quando Walter Chiapponi apresentar a sua primeira coleção feminina em Milão. Será mais temerário que os seus antecessores? A Tod's é certamente uma grande marca italiana, mas nunca teve um grande sucesso face aos seus rivais no prêt-à-porter feminino.
 
Aguardemos para ver o que acontece. 

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.