×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
27 de jan. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

TikTok é a marca que mais cresce no mundo, diz relatório da Brand Finance

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
27 de jan. de 2022

O TikTok é a marca que mais cresce no mundo, revelou o novo relatório Brand Finance Global 500 2022. Novo na lista, o aplicativo cresceu 215% em um ano, liderando a revolução global no consumo de mídia.


DR


O aplicativo rapidamente se tornou um favorito da moda, com marcas escolhendo-o para lançamentos e consumidores usando-o como uma ferramenta de descoberta de estilo e marca. O valor de sua marca aumentou de 18,7 bilhões de dólares em 2021 para 59 bilhões de dólares este ano, conquistando o 18º lugar entre as 500 marcas mais valiosas do mundo.

Com as restrições do Covid-19 ainda em vigor globalmente ao longo de 2021, os serviços de entretenimento digital, mídia social e streaming tiveram um crescimento contínuo, e a ascensão do TikTok é uma prova de como o consumo de mídia está mudando. Com sua oferta de conteúdo fácil de digerir e divertido, a popularidade do aplicativo se espalhou enquanto também atuava como um outlet criativo e fornecia uma maneira de as pessoas se conectarem durante o  lockdown.

Ao mesmo tempo, parcerias estratégicas, como o patrocínio do torneio UEFA Euro 2020, expuseram o TikTok a dados demográficos fora de sua base original, a Geração Z. Foi também o principal parceiro dos BFC's fashion Awards 2021. Ele ultrapassou a marca de um bilhão de usuários em 2021 e se tornou o aplicativo mais baixado na Google Play Store do Android e na App Store da Apple.

Dito isso, outro aplicativo firmemente no radar da moda - WeChat - foi nomeado a marca mais forte do mundo pelo segundo ano consecutivo, com pontuação máxima de 93,3 em 100 e classificação AAA + de elite.

Enquanto isso, a Apple manteve o título de marca mais valiosa do mundo, com uma avaliação recorde de mais de 355 bilhões de dólares, seguida por Amazon e Google.

Os EUA e a China continuaram a dominar, reivindicando dois terços do valor da marca no ranking, com os EUA respondendo por 49% (3,9 trilhões de dólares) e a China por 19% (1,6 trilhão de dólares).

Mas o Reino Unido teve o crescimento mais rápido entre os 10 principais países. O valor combinado das marcas da Grã-Bretanha aumentou 47%, para 257,1 bilhões de dólares – o nível mais rápido de crescimento entre os 10 principais países este ano, indicando que a incerteza do Brexit foi amplamente superada. 

Os novos participantes do Reino Unido no ranking deste ano do setor de moda foram JD Sports e Burberry. A JD vem se expandindo rapidamente nos últimos anos, à medida que adquire marcas em todo o mundo. E a Burberry está se recuperando da pandemia enquanto continua sua transformação para uma marca de de ultra-luxo.

A tecnologia continua sendo a indústria mais valiosa, mas o varejo, em segundo lugar, ultrapassou a marca de 1 trilhão de dólares após um crescimento de 46% no valor da marca durante a pandemia de Covid-19.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.