×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
9 de nov. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Tiffany e Supreme anunciam colaboração nas redes sociais

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
9 de nov. de 2021

Tiffany e Supreme empolgaram os seus seguidores com publicações simultâneas nas suas contas do Instagram que anunciam uma nova colaboração entre a gigante da joias e a marca de streetwear.


Fotografia: Tiffany & Co x Supreme


Ambas as marcas publicaram vídeos de 20 segundos nos quais é possível ver um jovem pensativo, o skater da equipe Supreme Sean Pablo, com uma tatuagem de aranha no braço e vestido com uma t-shirt branca simples e um colar de pérolas.
 
"Please return to Supreme New York 925", indica a mensagem da placa militar falsa pendurada no colar, em referência à percentagem de prata utilizada pela marca de joalharia americana.

Estática seca acompanha o vídeo, que apareceu no fim de semana na conta de Instagram da marca nova-iorquina @Tiffanyandco e na conta oficial da marca influenciada pela cultura do skateboard @Supremenewyork.
 

Fotografia: Tiffany & Co x Supreme


A marca de joias foi destaque na imprensa hipster durante todo o outono no hemisfério norte. As últimas publicações apresentam Hailey Bieber ostentando pulseiras e anéis de diamantes e esmeraldas, e a marca também envolveu Kim Kardashian com uma pulseira com mais de 14 quilates, um anel com mais de 7 quilates e brincos de cerca de 4 quilates quando a estrela televisiva participou nos "Innovator Awards" do Wall Street Journal.

A campanha publicitária mundial com Beyoncé e Jay Z apareceu por todo o lado, do Times Square aos seres mais importantes.
 
Um seguidor da Supreme comentou: "Por favor, digam-me que isto é um colar, não um NFT". Enquanto um fã da Tiffany escreveu: "Esta é a colaboração que esperávamos!".

Surpreendentemente, apesar da sua relativa juventude (a Supreme foi fundada em 1994), a marca de streetwear tem mais seguidores que a Tiffany, fundada em 1837. A marca de streetwear ultrapassa a marca de luxo com 13,3 milhões de seguidores, contra 12,7 milhões.


Fotografia: Tiffany & Co x Supreme


A colaboração com a Supreme é a mais recente iniciativa do presidente da Tiffany, Michael Burke, e de Alexandre Arnault, membro da família Arnault, que controla a LVMH e comprou a marca de joias no ano passado. Alexandre Arnault é responsável por produto e comunicação da Tiffany, e já havia assinado uma colaboração entre a Supreme e a Rimowa quando era diretor-geral da fabricante alemã de malas. Como diretor-geral da Louis Vuitton, Michael Burke mudou o paradigma com uma colaboração entre a marca de luxo e a Supreme, que ajudou a dar início a todo o movimento do streetwear de luxo.
 
À exceção da parceria com a Louis Vuitton, no passado, as colaborações da Supreme foram com marcas do mesmo setor, como Nike, Lacoste, Timberland e Vans.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.