Swatch prevê crescimento contínuo no segundo semestre

O Swatch Group, proprietário de marcas como Omega, Longines, Swatch, Flik Flak, Harry Winston e Breguet, prevê um crescimento contínuo nas vendas no segundo semestre, após registrar um aumento de 67% no lucro líquido no primeiro semestre do ano, impulsionado pela crescente demanda por relógios suíços na Ásia e América.


Imagem de 14 de março de 2018/ REUTERS/ Denis Balibouse

Os relojoeiros suíços se beneficiam de uma recuperação nas vendas e margens este ano, após uma queda prolongada devido à diminuição na demanda chinesa. O lucro líquido do grupo Swatch totalizou 468 milhões de francos suíços (402,3 milhões de euros) no primeiro semestre, enquanto a margem operacional aumentou para 14,7%, ante 10% um ano antes.

As vendas em moeda constante aumentaram 12,6% para 4,266 bilhões de francos suíços, impulsionadas pelo crescimento em todas as regiões, com destaque para a Ásia, que registrou "taxas de crescimento muito altas”, e a América do Norte, que teve "crescimento de vendas de dois dígitos". O crescimento na Europa foi mais variável.

As ações da empresa, que estavam em alta pela manhã de quarta-feira (18), caíram 2% à 15 horas na Bolsa de Valores de Zurique, mas aumentaram cerca de 19% desde o início do ano.

Os estoques de relógios tiveram crescimento de 6,7 bilhões de francos suíços no primeiro semestre do ano, e alguns analistas criticam a deterioração do capital de giro expresso em percentual das vendas.

Traduzido por Novello Dariella

© Thomson Reuters 2019 Todos os direitos reservados.

RelojoariaNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER