×
Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
19 de dez. de 2019
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Swatch ameaça pedir indenização por medidas da agência antitruste suíça

Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
19 de dez. de 2019

Após a autoridade suíça de concorrência COMCO ter informado que quer proibir a Swatch de fornecer mecanismos de relógios para outras empresas em 2020, o grupo suíço de relógios, considerado o maior fabricante do mundo, disse que irá atrás de indenização.


REUTERS/Denis Balibouse


"As medidas provisórias adotadas pela COMCO são incompreensíveis e inaceitáveis", afirmou a Swatch em comunicado. “Diante das repercussões financeiras negativas que essas decisões irão acarretar, o Swatch Group se reserva o direito de reivindicar indenização por danos”.

O diretor da COMCO, Patrik Ducrey, disse à Reuters que a agência iria divulgar uma declaração na quinta-feira (19), mas informou que a abordagem que a agência está adotando nesta questão de longo prazo permite que a Swatch e sua subsidiária ETA continuem fornecendo mecanismos para pequenas e médias empresas de relojoaria por enquanto. Patrik Ducrey acrescentou que uma decisão final deve ser tomada entre junho e setembro de 2020.

© Thomson Reuters 2021 Todos os direitos reservados.