×
138
Fashion Jobs
ADIDAS
Manager Digital Account Consumer Journey
Efetivo · Santana de Parnaíba
PUMA
E-Commerce Planning Specialist
Efetivo · São Paulo
AMARO
E-Commerce Manager
Efetivo · São Paulo
YOUCOM
Executivo Comercial | Youcom
Efetivo · São Paulo
AMARO
Group Product Manager (Business Growth)
Efetivo · São Paulo
AMARO
Analista Pleno de SEO
Efetivo · São Paulo
LEVI'S
Warehouse Operations & Logistics Manager
Efetivo · São Paulo
PAQUETA CALÇADOS
Analista de SEO
Efetivo · Canoas
AMARO
Gerente Comercial de Marcas Parceiras (Moda)
Efetivo · São Paulo
AMARO
Brand Success Manager (Home)
Efetivo · São Paulo
AMARO
Gerente de Operações de RH
Efetivo · São Paulo
PUMA
Key Account Manager
Efetivo · São Paulo
CAEDU
Aprendiz
Efetivo · Cajamar
TRABAJOS HOME OFFICE MEDIO TIEMPO
Recepcionista Lunes a Viernes Medio Turno
Efetivo · GUADALAJARA
TRABAJOS HOME OFFICE MEDIO TIEMPO
Home Office Lunes. a Vienes Medio Turno
Efetivo · GUADALAJARA
TRABAJOS HOME OFFICE MEDIO TIEMPO
Recepcionista Medio Turno
Efetivo · GUADALAJARA
TRABAJOS HOME OFFICE MEDIO TIEMPO
Recursos Humanos Home Office
Efetivo · GUADALAJARA
TRABAJOS HOME OFFICE MEDIO TIEMPO
Medio Turno Home Office
Efetivo · GUADALAJARA
TRABAJOS HOME OFFICE MEDIO TIEMPO
Lunes a Viernes Home Office
Efetivo · GUADALAJARA
TRABAJOS HOME OFFICE MEDIO TIEMPO
Adiministrativo
Efetivo · GUADALAJARA
TRABAJOS HOME OFFICE MEDIO TIEMPO
Auxiliar Recursos Humanos
Efetivo · GUADALAJARA
TRABAJOS MEDIO TIEMPO
Administrador Medio Tiempo Lunes a Viernes
Efetivo · CIDADE DO MÉXICO
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
15 de dez. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Sucessão de Virgil Abloh na Louis Vuitton alimenta boatos

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
15 de dez. de 2021

Quase duas semanas após o falecimento de Virgil Abloh, que morreu de câncer no 28 de novembro, a questão da sua sucessão na Louis Vuitton já alimenta boatos. A imprensa britânica divulgou o primeiro, indicando o rapper Kanye West, amigo íntimo do criador americano, como o seu potencial herdeiro à frente das coleções masculinas da principal marca da LVMH.
 

Kanye West (à esquerda) e Virgil Abloh, emocionado durante o seu primeiro desfile para a marca francesa - Louis Vuitton


Foi o tabloide The Sun, mais conhecido pelas suas reportagens sobre escândalos do que por notícias relacionadas com a indústria da moda, que publicou inicialmente a informação, garantindo que esta manobra, "destinada a colocar o rapper no coração da indústria da moda, teria sido orquestrada antes que o estilista falecesse aos 41 anos”. O jornal destaca a forte amizade entre os dois afro-americanos desde que trabalharam juntos, em 2009, em um estágio na Fendi, outra marca do universo LVMH.
 
No mesmo ano, Kanye West colaborou com a Louis Vuitton, criando três modelos de sneakers que viriam a ter muito sucesso, rompendo pela primeira vez as barreiras entre o streetwear e o mundo do luxo. O rapper e produtor continuou a construir o seu nome na moda ao lançar em 2015 a Yeezy, a sua marca própria de moda streetwear de luxo.

No entanto, é conhecido o perfil instável do rapper, que sofre de bipolaridade. Um elemento incapacitante para qualquer candidato que tenha a ambição de assumir a direção artística de uma marca da LVMH, sobretudo a da Louis Vuitton, maison histórica do grupo.

Além disso, a aproximação, no verão passado, entre Kanye West e a Kering, a grande concorrente da galáxia de Bernard Arnault, não deverá abonar a seu favor. O músico foi visto nos desfiles da Balenciaga e da Bottega Veneta e, o mais importante, confiou a direção criativa do evento dedicado ao lançamento do seu mais recente álbum Donda ao diretor artístico da Balenciaga, Demna Gvasalia.

Embora a hipótese de Kanye West na Louis Vuitton pareça improvável, a LVMH terá que enfrentar rapidamente a questão desta sucessão delicada. A gigante do luxo deverá encontrar um sucessor para Virgil Abloh não só no vestuário masculino da Louis Vuitton, mas também para assumir o estúdio da Off-White, a marca do designer, à qual LVMH adquiriu uma participação de cerca de 60% em julho deste ano. Em ambos os casos, a hipótese mais provável parece ser a de uma solução transitória, confiando a criatividade à um estilista interno.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.