Soleah aposta em collabs para diversificar público

Prestes a completar dois anos de existência, a marca de bolsas e acessórios Soleah aposta em collabs para atrair novos consumidores e dar mais visibilidade à marca. Nesse período, nomes relevantes no mundo da moda, como Luiza Brasil, Karol Conka, Hêlo Rocha, Vanessa Rozan e Felipe Morozini foram alguns dos parceiros.

“Valorizamos a diversidade e acreditamos que somos muitas em uma só – fortes, delicadas, sensuais, práticas, depende muito da ocasião e dos nossos humores e vontades também!”, afirma a designer e fundadora da marca, Priscila Idalgo.


Em 2017, Karol Conka co-criou uma coleção para a Soleah com Priscila Idalgo - Divulgação

Priscila não restringiu as parcerias ao universo de bolsas e pochetes. Com a especialista em eyewear, Chantal Goldfinger, desenvolveu a primeira coleção da Soleah de óculos de sol.

Em entrevista ao Fashion Network, ela falou sobre planos de internacionalização, expectativas para 2019 e mais. Confira:

FASHION NETWORK: Qual é o balanço que você faz desses dois anos de marca?

Priscila Idalgo: Acredito que estamos em uma evolução muito boa, o reconhecimento da marca está cada vez mais presente e o desejo pelas peças cada vez maior. O balanço para uma marca de apenas 2 anos de mercado é muito positivo.

E os planos para o futuro? Há planos de abertura de mais lojas, de internacionalização?

Priscila Idalgo: Para o futuro, brinco que nem o céu mais é o limite, se precisar vamos para a Lua. Abertura de loja está no nosso radar sim, até porque ainda não temos nenhuma loja propriamente dita, temos nosso showroom, onde recebemos clientes com hora marcada e um corner dentro da loja Tami, no Rio de Janeiro. E sobre internacionalização também temos interesse, já temos muita procura para isso, mas precisamos planejar muito bem esse passo para o mercado externo, o qual vemos com grande potencial para a Soleah.


Priscila Idalgo: fundadora da Soleah - Divulgação

Qual é a expectativa de crescimento para 2019?

Priscila Idalgo: A expectativa é muito boa, planejamos crescer 3 vezes em relação ao ano de 2018.

Hoje quem é a consumidora Soleah?

Priscila Idalgo: Nossas consumidoras são mulheres que buscam essencialmente produtos autênticos e com qualidade, todas falam que estão cansadas de ver produtos cópias de marcas internacionais e/ou ter produtos que todo mundo tem igual. Não querem mais do mesmo.  Quando chegam na Soleah e se deparam com tanto produto diferente e sem logotipo aparente, elas se apaixonam ainda mais. Percebem que a marca é reconhecida por seus shapes diferenciados e que não precisa ter a marca impressa na frente das bolsas para saber que é Soleah, mas lógico que ainda temos que consolidar a marca para que cada vez mais nossos códigos exclusivos sejam facilmente reconhecidos mundo a fora. Classifico os produtos das Soleah com uma proposta minimalista, mas sempre com um toque de design que diferencia dos concorrentes.

Vocês já fizeram várias collabs. Quais as vantagens deste tipo de parceria? Há planos para novas collabs este ano?

Priscila Idalgo: Fizemos até hoje 12 colabs. Acho que a collab enriquece a marca em proposta de coleção, porque é através dela que conseguimos atingir um público diferente do nosso público-alvo. Mas sempre buscamos pessoas reais que complementam a Soleah com seu estilo de vida e que têm um conteúdo bacana para somar com o nosso.

A Soleah sentiu de alguma forma a crise do país? Se sim, o que foi feito para driblar isso?

Priscila Idalgo: Não sentimos a crise porque demos o start no projeto bem no meio da crise.  Acho que nunca devemos pensar em crise: se temos um problema que já sabemos qual é, temos que achar outros caminhos para driblar a ocasião. Enxergo sempre como oportunidade porque é sempre nas dificuldades que achamos caminhos diferentes que antes não tínhamos observado. Sempre há uma saída.
 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

ModaNegócios
ASSINE A NOSSA NEWSLETTER