×
751
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

SMCP em negociações exclusivas para adquirir De Fursac

Por
Reuters API
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
today 25 de jun de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

A SMCP anunciou esta terça-feira que está em negociações exclusivas para adquirir a marca De Fursac, uma operação que permitiria que o grupo francês de prêt-à-porter se fortalecesse no segmento do luxo "acessível" para homem.


Look primavera-verão 2019 - De Fursac


A transação, que cobre 100% do capital da De Fursac e cujo montante não é especificado, teria um efeito acrescido sobre o lucro líquido por ação da SMCP a partir de 2019 sobre uma base de 12 meses, indicou o grupo através de um comunicado.
 
Prevista para antes do final do terceiro trimestre de 2019, esta seria financiada na totalidade pela dívida e o seu financiamento já está integralmente implementado.

Fundada em 1973 e "dotada de um forte ADN parisiense", a marca De Fursac conta com uma rede de 54 lojas em locais de prestígio espalhados por 29 cidades em França e na Suíça.

Em 2018, o volume de negócios do grupo De Fursac alcançou os 41,4 milhões de euros, o que representou um crescimento de 5,4% em bases comparáveis e uma margem de EBITDA superior à da SMCP.
 
"Conhecida pelo seu savoir-faire em alfaiataria com uma imagem sofisticada e atemporal, a De Fursac também desenvolveu com sucesso uma proposta urban-casual nos últimos anos", declarou a SMCP.
 
"Constantemente classificada entre as três primeiras marcas de luxo acessível para homem nos grandes armazéns franceses, a De Fursac já beneficia de uma forte popularidade entre clientes estrangeiros, particularmente chineses", acrescentou o grupo.
 
Com a aquisição da De Fursac, a SMCP complementa a sua oferta e dirige-se a novos clientes, depois de já ter se desenvolvido no mercado do luxo "acessível" masculino com a marca Sandro Homme.
 
A SMCP enfatiza que o luxo "acessível" para homem representa um vasto mercado de 21 bilhões de euros, que deverá continuar a crescer 4,4% por ano ao longo dos próximos cinco anos.

© Thomson Reuters 2019 All rights reserved.