×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
12 de nov. de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Compartilhar
Baixar
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Tamanho do texto
aA+ aA-

Shiseido anuncia aumento de 14% nas vendas, mas reduz projeções anuais

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
12 de nov. de 2021

A gigante japonesa da cosmética Shiseido anunciou um aumento de 14% nas suas vendas líquidas nos primeiros nove meses do ano, encerrados em 30 de setembro.


Shiseido anuncia aumento de 14% nas vendas, mas reduz projeções anuais - Facebook: Shiseido


As vendas líquidas totalizaram 745,37 bilhões de ienes (6,5 bilhões de dólares/5,67 bilhões de euros), impulsionadas pelo crescimento na América, na região EMEA e o travel retail, o que compensou o enfraquecimento no Japão e a desaceleração na China, devido à propagação de novas variantes de Covid-19 e às chuvas torrenciais.
 
"Nos primeiros nove meses do ano fiscal de 2021, as condições econômicas globais continuaram desafiadoras, já que a atividade econômica esteve estagnada devido à pandemia de Covid-19 e a confiança do consumidor foi baixa devido aos piores ganhos corporativos e no emprego", disse a empresa em comunicado.

“No mercado cosmético do Japão, o tráfego de consumidores diminuiu com estes ficando  em casa e com as horas de operação no setor do varejo reduzidas devido ao estado de emergência. Outros fatores incluíram uma queda no número de visitantes ao Japão, o que afetou a demanda de entrada. A nível mundial, embora o impacto da pandemia tenha continuado de forma geral, os avanços na vacinação impulsionaram a recuperação em todas as categorias de cosméticos que apresentaram problemas, principalmente na Europa e nos Estados Unidos, inclusive a maquiagem.”
 
A empresa registou um lucro líquido de 36,76 bilhões de ienes, enquanto o lucro operacional quase triplicou em comparação com o mesmo período do ano anterior, atingindo 8,91 bilhões de ienes.

As vendas da empresa caíram 7,3% com relação ao ano anterior, para 210,3 bilhões de ienes no Japão. A Shiseido fortaleceu estrategicamente o investimento na categoria de cuidados com a pele, em linha as novas necessidades do consumidor e obteve ganhos de participação de mercado em maquiagem básica e proteção solar, mas a recuperação dos efeitos da pandemia tem sido lenta.

As vendas anuais aumentaram 36,3% em relação ao ano anterior, para 89,8 bilhões de ienes na região da América, refletindo como o lançamento de vacinas impulsionou a recuperação do mercado de cosméticos, incluindo a maquiagem, que enfrentou dificuldades.
 
O negócio da China foi afetado por fechamentos parciais no varejo e por uma queda no tráfego de consumidores a partir de julho devido a chuvas torrenciais sem precedentes e a novos surtos de variantes de covid-19, mas as vendas de comércio eletrônico permaneceram fortes, o que resultou em vendas líquidas de 190,9 bilhões de ienes, um aumento de 23,1%.

Na Europa, Médio Oriente e África (EMEA), as vendas totalizaram 79,5 bilhões de ienes, um aumento anual de 31,9%, enquanto na Ásia-Pacífico também aumentaram 11% ano a ano, para 48,1 bilhões.
 
Olhando para o futuro, a Shiseido revisou a sua orientação para o ano fiscal encerrado em 31 de dezembro, reduzindo o seu prognóstico de lucro líquido e vendas líquidas.
 
Agora, a empresa espera que o lucro líquido anual seja de 30 mil milhões de ienes, abaixo da previsão anterior de 35,5 mil milhões de ienes, e também prevê vendas anuais de 1,044 biliões de ienes, representando um crescimento anual de 13,4%.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.